Topo
pesquisar

Mentir Durante a Infância

Psicologia

PUBLICIDADE

O hábito de mentir que as crianças apresentam até os seis anos não necessita ser motivo de extrema preocupação para pais e professores, uma vez que essas fantasiam muito. Uma criança até os seis anos é egocêntrica, ou seja, não consegue internalizar a opinião do outro.

As regras de convívio estabelecidas tanto pelos pais, quanto pelos professores são entendidas pela criança a partir dos sete anos. Depois dos onze anos, é consolidada a autonomia moral da criança.

As mentiras das crianças precisam de atenção somente a partir dos sete anos. É interessante fazer distinção entre mentiras acerca de assuntos banais daquelas que compreendem assuntos sérios. Se uma criança com onze anos, mantém o hábito de mentir apresentado desde os sete anos é um sinal de alerta para os pais.

Por Patrícia Lopes
Equipe Brasil Escola

Psicologia - Brasil Escola
 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LOPES, Patrícia. "Mentir Durante a Infância"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/psicologia/mentir-durante-infancia.htm>. Acesso em 29 de abril de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA