Topo
pesquisar

Inflação e indexação

Política

PUBLICIDADE

Entende-se por inflação o aumento do preço de bens e serviços fazendo com que a moeda se torne desvalorizada naquele momento, ou seja, a moeda perde seu poder aquisitivo. É gerada pelo excesso de consumo de serviços que podem se tornar escassos, gasto da moeda superior ao arrecadado pelo Governo, empobrecimento do dinheiro entre outros fatores. 

Como consequência da inflação, surge a indexação, sistema de aumento de preço em função de bens e serviços com valores elevados, afim de não existir algum com valor defasado. Esse processo de indexação ocorre para aumentar o valor dos produtos no futuro por causa de aumentos do passado com o objetivo de garantir o poder aquisitivo e o valor da moeda.

Cerca de 40% do Índice de Preços ao Consumidor já consideram o aumento da inflação nos reajustes de maneira formal ou informal. Podem ser vistos nos alimentos, nos derivados do petróleo, nas escolas, na assistência médica, na telefonia, na distribuição de energia elétrica, nos aluguéis e outros.

A estabilização monetária resulta na inflação baixa e na ausência da indexação. Para que a economia permaneça estável não deve haver oscilações em taxas de juros e o aumento da desigualdade social.

Por Gabriela Cabral
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Gabriela Cabral da Silva. "Inflação e indexação"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/politica/inflacao-indexacao.htm>. Acesso em 26 de abril de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA