Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é camada de ozônio?

O que é Química?

A camada de ozônio é uma camada gasosa localizada na estratosfera que é composta pelo gás ozônio, o qual pode ser degradado pela ação de substâncias como os CFCs.
Fórmulas químicas das moléculas do gás ozônio
Fórmulas químicas das moléculas do gás ozônio
PUBLICIDADE

A camada de ozônio é composta pelo gás ozônio (cuja fórmula molecular é O3) e está localizada em uma região da atmosfera denominada de estratosfera, que fica entre 20 km e 35 km da superfície da Terra.

Representação esquemática de todas as camadas que compõem a atmosfera
Representação esquemática de todas as camadas que compõem a atmosfera

A existência da camada de ozônio auxilia na manutenção da vida em nosso planeta, já que ela consegue filtrar cerca de 95% dos raios ultravioleta (UV) oriundos do Sol, impedindo que a maior parte desses raios atinja a superfície terrestre.

Um ponto negativo em relação ao gás ozônio é que, na troposfera (camada atmosférica mais próxima da superfície terrestre), ele também está presente, mas em menor quantidade, e participa do smog fotoquímico, ou seja, participa de um fenômeno de poluição atmosférica.

Formação do ozônio

A quantidade de O3 presente na camada de ozônio é constantemente modificada porque os raios ultravioleta, ao chegarem à camada, promovem a separação de um dos oxigênios do ozônio, formando mais gás oxigênio.

O3(g) → O2(g) + O(g)

Além da degradação do ozônio, a radiação ultravioleta também promove a quebra da ligação entre os oxigênios de algumas moléculas de gás oxigênio, como na equação a seguir:

O2(g) → 2O(g)

Em seguida, porém, cada oxigênio livre interage com uma molécula de gás oxigênio, formando uma molécula do gás ozônio (O3), como na equação a seguir:

O + O2(g) → O3(g)

Assim, a quantidade de gás ozônio na camada modifica-se constantemente de forma natural.

Importância da camada de ozônio

A existência da camada de ozônio na estratosfera é fundamental, pois ela impede que grande parte das radiações ultravioleta atinja a superfície terrestre. Quando a radiação ultravioleta atinge a superfície terrestre, pode desencadear diversos danos nos mais variados seres vivos, a saber:

  • Desenvolvimento de câncer de pele;

  • Aumento da frequência de ativações da replicação do vírus herpes em indivíduos que o tenham contraído, desenvolvendo as lesões características da doença;

  • Cegueira provocada pelo aumento da catarata em indivíduos com tendência a desenvolvê-la;

  • Aumento da temperatura do planeta (aquecimento global), já que um maior número de raios ultravioleta atinge a superfície da Terra, aumentando a retenção de calor.

Substâncias que prejudicam a camada de ozônio

Entre as substâncias químicas que acabam reagindo e degradando o ozônio, temos:

  • Óxido nítrico (NO): substância produzida a partir da queima de combustíveis fósseis;

  • Óxido nitroso (N2O): substância eliminada por veículos e indústrias químicas;

  • Dióxido de carbono (CO2): substância geralmente produzida em reações químicas de combustão completa;

  • Clorofluorcarbonos (CFCs): substâncias muito utilizadas como propelentes em produtos aerossóis (como desodorante spray), na produção de materiais plásticos e em equipamentos de refrigeração (como geladeiras).

Essas substâncias, de modo geral, prejudicam a camada de ozônio porque, quando atingidas pela radiação ultravioleta, principalmente os CFCs, têm suas moléculas decompostas, fazendo com que seus átomos livres reajam com a molécula de ozônio, transformando-a em uma molécula de gás oxigênio (O2). Essa ocorrência diminui a concentração de ozônio e a filtragem dos raios ultravioleta.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "O que é camada de ozônio?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/quimica/o-que-e-camada-ozonio.htm>. Acesso em 18 de dezembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA