Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é crase?

O que é Português?

Crase é o nome dado à fusão de vogais idênticas. A ocorrência desse fenômeno será indicada através do uso do acento grave ou acento indicador de crase.
PUBLICIDADE

Você sabe o que é crase?

A palavra crase tem origem na Grécia e significa mistura ou fusão. Na língua portuguesa, a crase indica a contração de duas vogais idênticas, mais precisamente, a fusão da preposição a com o artigo feminino a e com o a do início de pronomes. Sempre que houver a fusão desses elementos, o fenômeno será indicado através da presença do acento grave, também chamado de acento indicador de crase.

Para usar corretamente o acento indicador de crase, é necessário compreender as situações de uso nas quais o fenômeno está envolvido. Aprender a colocar o acento depende, sobretudo, da verificação da ocorrência simultânea de uma preposição e um artigo ou pronome. Observe abaixo os principais casos em que o acento grave deve ser utilizado, casos em que seu uso não é permitido e os casos em que seu emprego é facultativo:

Casos em que nunca ocorre crase

x Antes de palavra masculina (pois antes de masculina não ocorre o artigo “a”, indicador do gênero feminino): pagamento a prazo; andar a cavalo; sal a gosto.

x Antes de verbo (porque antes de verbo não ocorre artigo): O suspeito está disposto a ajudar.

x Antes de pronomes em geral (porque antes deles, geralmente, não ocorre artigo): Ele disse a ela que não fará a viagem; Ele falou alguma coisa a você?

x Antes de nome de cidade (porque antes de nomes de cidade não se emprega artigo): Você não vai a Natal?

x Expressões formadas por palavras repetidas: Cara a cara; frente a frente; minuto a minuto.

x A” antes de palavras flexionadas no plural: Os dados coletados não se referem a populações indígenas.

x Depois de preposições como para, perante, com e contra: O encontro foi marcado para as 18 h; A manifestação é contra a corrupção.

Casos em que sempre ocorre a crase

Locuções adverbiais femininas que expressam ideia de tempo, lugar e modo: Às vezes Mariana vai à escola de ônibus; O aluno fez a lição às pressas e entregou para a professora.

Locuções prepositivas: Os médicos estão à espera do paciente à esquerda do corredor.

Locuções conjuntivas (existem apenas duas locuções desse tipo): À medida que o tempo passa, o casal fica mais apaixonado; À proporção que os dias passavam, o medo crescia.

Casos em que a crase é opcional

→ Antes de pronomes possessivos femininos minha, tua, nossa etc. (pois nesses casos o uso do artigo antes do pronome é opcional): Os presentes foram entregues à minha irmã ou Os presentes foram entregues a minha irmã.

→ Antes de nomes de mulheres (pois aqui o artigo é opcional): Felipe fez um pedido à Raquel ou Felipe fez um pedido a Raquel.

→ Antes da palavra até (se depois dela houver uma palavra feminina que admita artigo, a crase será opcional): Os amigos foram até à praça ou Os amigos foram até a praça.


Por Luana Castro
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "O que é crase?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/portugues/o-que-e-crase.htm>. Acesso em 22 de maio de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA