Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é Plano Marshall?

O que é História?

O Plano Marshall foi um programa de ajuda econômica dos EUA aos países da Europa Ocidental com o objetivo de reconstruí-los após a II Guerra Mundial.
PUBLICIDADE

Plano Marshall, ou Plano de Recuperação Europeia, foi um programa de ajuda econômica dos EUA aos países da Europa Ocidental após a II Guerra Mundial. O objetivo do plano era reconstruir economicamente os países europeus ocidentais que foram destruídos ou que sofreram perdas com a ocorrência da guerra.

O Plano Marshall recebeu esse nome em homenagem a seu idealizador George Catlett Marshall, um general do exército estadunidense, e totalizou um aporte de 18 bilhões de dólares aos europeus, utilizados para a reconstrução de edificações e indústrias, importação de alimentos e mercadorias industrializadas, bem como no financiamento da agricultura.

Alguns órgãos foram criados para administrar os recursos financeiros, como a Administração de Cooperação Econômica, pelos EUA, e a Organização Europeia de Cooperação Econômica (OECD).

O Plano Marshall vigorou entre 1947 e 1951, sendo o principal motivo para o rápido arranque econômico dos países europeus. Os principais beneficiados foram a Inglaterra, a França e a Itália, entre os europeus, e os EUA, que conseguiram criar as instituições de fortalecimento da internacionalização dos capitais na segunda metade do século XX.

Outro objetivo do Plano Marshall era realizar uma propaganda maciça contra a URSS, estabilizar a situação política e social na Alemanha e conter o avanço do poder de partidos comunistas na França e na Itália. Com a vitória soviética na II Guerra Mundial, o prestígio da URSS estava em alta, além das tropas do Exército Vermelho estarem estacionadas em países da Europa centro-oriental.

Os capitalistas dos EUA e da Europa Ocidental apostavam na recuperação econômica e na melhoria dos níveis de consumo material da população, além da criação de uma forte estrutura estatal de oferecimento de serviços sociais, nas áreas de saúde, educação e emprego, por exemplo. Dessa forma, eles pretendiam mostrar que o modelo de capitalismo ocidental era melhor que o capitalismo soviético (erroneamente chamado de comunismo).

O Plano Marshall mostrou-se eficiente e garantiu altas taxas de crescimento econômico aos países da Europa Ocidental nas décadas posteriores ao fim da II Guerra Mundial. O plano serviu ainda para criar as bases do chamado Estado de Bem-Estar Social, que seria atacado a partir da década de 1970. Além disso, o Plano Marshall possibilitou a transnacionalização do capitalismo ocidental, sendo um dos motivos para a vitória da esfera de influência dos EUA na Guerra Fria.


Por Me. Tales Pinto

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PINTO, Tales Dos Santos. "O que é Plano Marshall?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/historia/o-que-e-plano-marshall.htm>. Acesso em 26 de abril de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA