Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é a luz?

O que é Física?

Para saber o que é a luz, é preciso compreender a sua natureza dual, isto é, a luz pode ser uma onda eletromagnética ou um conjunto de partículas.
A luz pode ser interpretada como onda eletromagnética ou como partícula
A luz pode ser interpretada como onda eletromagnética ou como partícula
PUBLICIDADE

  A luz é um tipo de onda eletromagnética visível, formada pela propagação em conjunto de um campo elétrico e um magnético. Como é característico da radiação eletromagnética, a luz pode propagar-se através de diversos meios e sofrer alterações de velocidade ao passar de um meio de propagação para outro. No vácuo, a luz possui velocidade máxima equivalente a 3,0 x 10 8 m/s.

Ondas eletromagnéticas são formadas pela propagação conjunta de campos eletromagnéticos e elétricos
Ondas eletromagnéticas são formadas pela propagação conjunta de campos eletromagnéticos e elétricos

A luz também pode ser entendida como um fluxo contínuo de partículas que transportam energia.

Partícula ou onda?

A luz possui comportamento duplo, ou seja, pode ser interpretada como onda em determinadas situações e comportar-se como partícula em casos específicos. Dessa forma, a luz tanto é onda quanto partícula, possuindo, portanto, um comportamento dual.

De acordo com a proposta de Isaac Newton, no século XVII, a luz não poderia ser considerada onda, pois não sofria fenômenos como a difração, característico de uma onda. Para Newton, a luz deveria ser formada por minúsculas partículas, que possuíam a condição de transportar energia e sofrer reflexões e refrações. Ainda no século XVII, Christiaan Huygens propôs que a luz deveria ser interpretada com um caráter ondulatório.

No século XIX, o experimento da dupla fenda, realizado por Young, indicou que a luz sofre interferência e difração, fenômenos característicos das ondas.

Já no século XX, as ideias de Einstein e Max Planck propunham que a luz era quantizada, ou seja, formada por minúsculos pacotes de energia denominados de fótons. Entretanto, esses cientistas não descartaram a ideia ondulatória sobre a luz. As contribuições de Louis de Broglie, por outro lado, trouxeram o conceito da dualidade onda-partícula da luz.

Portanto, é possível compreender que a propagação e a interação da luz com determinados meios caracterizam-na como onda eletromagnética, mas, em alguns fenômenos – como é o caso do efeito fotoelétrico –, a luz pode ser interpretada como partícula.


Por Joab Silas
Graduado em Física

   

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

JúNIOR, Joab Silas Da Silva. "O que é a luz?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/fisica/o-que-e-a-luz.htm>. Acesso em 21 de janeiro de 2018.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA