Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é um ser vivo?

O que é Biologia?

Para compreender o que é um ser vivo, é necessário entender o funcionamento e os processos evolutivos que atuam em um determinado organismo.
PUBLICIDADE

Quando falamos em seres vivos, logo nos lembramos dos animais, entretanto, plantas, fungos, protozoários, algas e bactérias são também considerados seres com vida. Apesar de bastante distintos, todos eles possuem características que permitem classificá-los como tais.

Quais características permitem-nos dizer que um organismo é vivo?

Para ser considerado vivo, os pesquisadores analisam alguns critérios bastante simples, tais como:

  • Reprodução: Os seres vivos são capazes de deixar descendentes, ou seja, são capazes de reproduzir-se. Inicialmente, acreditava-se que micro-organismos, como as bactérias, surgiam por abiogênese. Hoje, no entanto, sabe-se que até mesmo esses pequenos organismos reproduzem-se. No caso das bactérias, o principal tipo de reprodução é a divisão binária ou cissiparidade, um tipo de reprodução assexuada.

  • Evolução: A evolução é um processo que atua sobre todos os seres vivos, modificando-os através do tempo. Nesse ponto, é importante destacar a seleção natural, que acaba selecionando os organismos que apresentam maiores chances de sobrevivência em determinado ambiente. Os organismos mais adaptados sobrevivem por mais tempo no meio e, consequentemente, repassam suas características vantajosas aos seus descendentes.

  • Metabolismo: Os seres vivos apresentam metabolismo, ou seja, no interior de suas células, ocorrem reações químicas que garantem sua sobrevivência. Esse metabolismo garante, por exemplo, que os seres vivos adquiram energia para realizar atividades, como reprodução e locomoção.

  • Resposta a estímulo: Os seres vivos conseguem responder a estímulos, o que garante que eles interajam com o meio. Um estímulo de dor, por exemplo, pode fazer que um animal afaste-se de uma área. Outro exemplo é o estímulo luminoso, que faz as plantas crescerem em direção à luz.

As plantas carnívoras conseguem responder ao toque e capturar sua presa
As plantas carnívoras conseguem responder ao toque e capturar sua presa

  • Célula: Costuma-se aceitar que os seres vivos possuem células, sendo estas consideradas a unidade estrutural e funcional de um organismo. Alguns seres são formados por diversas células (multicelulares); outros, no entanto, apresentam apenas uma (unicelulares).

  • Material genético: Todos os seres vivos possuem DNA e/ou RNA, material responsável por controlar seu metabolismo e garantir que características sejam passadas para a próxima geração (hereditariedade).

O que dizer dos vírus?

Como todos nós sabemos, os vírus são seres acelulares que não possuem metabolismo próprio. Por causa dessas características, classificar os vírus como seres vivos não é uma tarefa fácil, e as opiniões no meio científico são bastante divergentes. Existem pesquisadores que não consideram os vírus como seres vivos em razão da ausência de células e metabolismo, sendo considerados por muitos apenas produtos químicos. Outros, no entanto, afirmam que ele são, sim, organismos vivos, pois conseguem utilizar a maquinaria da célula infectada a seu favor, reproduzem e sofrem evolução.

Curiosidade: Você sabia que o mundo tem aproximadamente 8,7 milhões de espécies de seres vivos?


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é um ser vivo?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-um-ser-vivo.htm>. Acesso em 21 de julho de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA