Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é parasita?

O que é Biologia?

O parasita é um ser vivo que retira os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento de outro ser vivo, estabelecendo, assim, uma relação ecológica interespecífica.
PUBLICIDADE

Frequentemente ouvimos a respeito de doenças causadas por parasitas. Mas você já se perguntou o que é um parasita?

Todos nós já estudamos sobre as relações ecológicas e como os seres vivos relacionam-se. Quando falamos em parasita, estamos falando de uma relação ecológica muito conhecida: o parasitismo.

Nessa relação, que se estabelece entre organismos de espécies diferentes (relação interespecífica), um dos indivíduos envolvidos instala-se no corpo do outro para retirar alimento. O organismo que retira o alimento é o parasita, enquanto o que está sendo parasitado é o hospedeiro.

No parasitismo, apenas um dos organismos envolvidos é beneficiado e o outro é prejudicado. Esse tipo de relação não gera a morte do hospedeiro, pois, quanto mais tempo ele viver, mais tempo terá o parasita para alimentar-se. Para isso, é fundamental que o parasita não retire do corpo do hospedeiro muitos nutrientes, pois este ficaria muito debilitado e acabaria morrendo, o que levaria o outro organismo também à morte.

O parasita pode viver tanto fora como dentro do corpo do hospedeiro. Se viver fora, é conhecido por ectoparasita, mas se estiver dentro de um organismo, trata-se de um endoparasita. Os piolhos e carrapatos, por exemplo, são exemplos de ectoparasitas, pois vivem na superfície do corpo de animais. Já os nematoides, como as lombrigas, vivem no intestino do hospedeiro, sendo, portanto, endoparasitas.

É importante destacar que não são apenas animais que possuem parasitas, todos os organismos vivos podem ser parasitados. Até mesmo uma bactéria pode ser alvo desse tipo de relação, como é o caso dos vírus bacteriófagos que se reproduzem no interior desses organismos.

Existe ainda um caso de parasitismo que é conhecido por muitos biólogos como parasitoidismo. Nessa relação, observa-se a morte do hospedeiro, fato que, de maneira geral, não ocorre nos casos de parasitismo. Como exemplo clássico de parasitoidismo, podemos citar as vespas, que colocam os ovos no interior de alguns artrópodes. Após eclodirem, as larvas alimentam-se do hospedeiro ainda vivo. Depois de algum tempo, elas matam o hospedeiro e emergem de seu interior.

Importante: A parasitologia é a ciência que estuda os parasitas, seus hospedeiros e a relação entre esses organismos.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é parasita?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-parasita.htm>. Acesso em 29 de abril de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA