Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é Biologia Forense?

O que é Biologia?

A biologia forense atua auxiliando a resolução de crimes.
A genética é uma área importante na biologia forense
A genética é uma área importante na biologia forense
PUBLICIDADE

Nenhum crime é perfeito! Você já deve ter escutado essa frase milhões de vezes e ela nunca deixará de ser uma verdade. Frequentemente encontramos em uma cena de crime vestígios biológicos, tais como sangue, fios de cabelo, pele, espermatozoides e saliva. Esse material biológico pode ajudar a desvendar diversos crimes e é aí que entra a biologia forense.

A biologia forense é uma área em que se aplicam os conhecimentos da biologia para resolver crimes. O biólogo trabalhará lado a lado com a polícia, achando e analisando material que pode ser fundamental para uma investigação.

Dentre as áreas da biologia, destaca-se, nesse tipo de trabalho, a genética. É através dela que será possível realizar análises de DNA e, consequentemente, identificar a quem pertence o material biológico. O DNA é, sem dúvidas, o grande revelador de crimes.

Imagine uma situação de homicídio em que houve uma luta antes da morte da vítima. Vamos supor que em sua unha seja encontrada pele do agressor. Através de um estudo genético, é possível identificar de quem é aquele material biológico. A pele seria, então, uma prova material desse crime.

Além de homicídios, a genética aparece atuando também nos testes de paternidade e maternidade. Esse item é importante em casos em que há suspeita de sequestros e roubos de crianças, por exemplo.

Além da genética, outra área que merece destaque é a entomologia forense. Nessa área, são analisados artrópodes, principalmente insetos, no local de um crime. É a partir do estudo do estágio de desenvolvimento de alguns desses animais que será possível descobrir há quanto tempo, por exemplo, uma pessoa foi morta. É possível observar também se aquele corpo foi retirado do local real de sua morte. Para o estudo entomológico, é de fundamental importância ter um conhecimento vasto acerca dos artrópodes do local e seu ciclo de vida.

A botânica também é uma área explorada na biologia forense, destaca-se, nesse campo, a palinologia. A palinologia forense observa os grãos de pólen encontrados nas fossas nasais, cabelo, roupas, sapatos, carros, objetos roubados, entre outros materiais das vítimas. A partir daí é possível saber se o corpo foi encontrado no local original do crime, o caminho percorrido pelo criminoso e até a época do ano em que o crime foi realizado.

A biologia forense é mais uma área dentro da biologia que merece destaque, uma vez que a cada dia se torna mais presente na resolução de crimes.


Por Me. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é Biologia Forense?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-biologia-forense.htm>. Acesso em 20 de novembro de 2017.

Dois artrópodes da classe insecta. Fotografia: Fabrício Oda
Biologia
A Botânica é a ciência que estuda as plantas
Biologia
DNA
Biologia
DNA
Vestígios biológicos podem ser utilizados para desvendar crimes
Biologia
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA