Topo
pesquisar

Suriname

História da América

PUBLICIDADE

A região era habitada por índios aruaques, tupis e caraíbas antes da chegada dos espanhóis no século XV. Os ingleses foram os primeiros a se estabeleceram na região como colonizadores.

A Inglaterra em 1667 cedeu o território à Holanda e em troca ficou com a cidade de Nova Amsterdã (atual New York, nos EUA), somente após o Congresso de Viena (reunião feita pelos países que derrotaram Napoleão Bonaparte) é que a Holanda se firmou no poder.

Os holandeses plantaram cana-de-açúcar e, mais tarde café. Faziam à utilização de mão-de-obra escrava, a qual teve que ser substituída em 1863 devido ao fim da escravidão, com isso a mão-de-obra utilizada passou a ser a de imigrantes indianos, indonésios e chineses.

O surgimento de uma consciência-nacional foi atrapalhado com os conflitos entre as diversas etnias. Em 1975, o país se tornou independente quando trocou o nome de Guiana Holandesa para Suriname. A maior parte da década de 80, o país foi governado por uma ditadura militar.

A Holanda e os EUA cortaram a ajuda ao país após 15 civis terem morrido pelas mãos do governo, com isso o país entrou numa crise econômica. No ano de 1987 acabou a ditadura, porém em 1990 ela volta a assumir o poder após um novo golpe.

Devido a uma forte pressão internacional em 1991 houve eleições. Em 2001, Guiana e Suriname firmaram um acordo para a exploração conjunta do petróleo e gás, os quais se encontra em uma área disputada pelos dois países.

Por Eliene Percília

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PERCíLIA, Eliene. "Suriname"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/historia-da-america/historia-suriname.htm>. Acesso em 25 de setembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA