Topo
pesquisar

Cuba

História da América

PUBLICIDADE

Os habitantes de cuba eram os índios até a chegada de Cristóvão Colombo, em 1492. Durante aproximadamente 400 anos a ilha ficou sobre o domínio espanhol. Eles plantavam tabaco e cana-de-açúcar, tudo com a mão-de-obra escrava africana.

Em 1898, com a vitória dos Estados Unidos sobre a Espanha, os norte-americanos passaram a controlar Cuba e Porto Rico. Depois de três anos, concederam independência a ilha, no entanto até hoje matem uma base militar na cidade de Guatánamo.

Em 1933, um golpe liderado por Fulgencio Batista (ex-sargento) instalou um regime de colaboração com os Estados Unidos. Os rebeldes conseguem conquistar a capital, Havana, em 1959, e o líder do movimento, Fidel Castro se tornou presidente. O novo governo fez reforma agrária, nacionalizou empresas e fuzilou colaboradores dos Estados Unidos.

Durante a Guerra Fria, Fidel alinhou Cuba ao bloco econômico soviético. Dentre todos os países da América, Cuba é o único socialista onde a propriedade da terra e das grandes fabricas tornou-se coletiva. Os Estados Unidos decidiram combater o governo socialista , e para isso cortou relações econômicas e diplomáticas com Cuba.

Para a sobrevivência do país, tiveram que depender da ajuda financeira, militar e técnica da União Soviética. Porém em 1991, com o fim da URSS, Cuba entrou numa crise econômica.

Pois a União Soviética comprava caro e vendia barato para Cuba Tendo ainda o bloqueio econômico dos Estados Unidos até hoje, o país tenta se manter com os dólares obtidos com o turismo.

Por Eliene Percília

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PERCíLIA, Eliene. "Cuba"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/historia-da-america/historia-cuba.htm>. Acesso em 27 de agosto de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA