Topo
pesquisar

Mas ou mais?

Gramática

Mas ou mais? Quando e como empregar cada uma dessas palavras que na oralidade soam tão parecidas? Embora sejam semelhantes, mas e mais apresentam grandes diferenças.
Mas e mais são fonética e morfologicamente semelhantes, mas apresentam divergências em seus significados e classificação gramatical
Mas e mais são fonética e morfologicamente semelhantes, mas apresentam divergências em seus significados e classificação gramatical
PUBLICIDADE

  Observe as orações a seguir:

Eles estudaram para o concurso, mas não foram aprovados

ou

Eles estudaram para o concurso, mais não foram aprovados?

As meninas eram as mais estudiosas da turma

ou

As meninas eram as mas estudiosas da turma?

Notou alguma coisa diferente? Sabe dizer quais das orações estão corretas? Observe as respostas a seguir:

Eles estudaram para o concurso, mas não foram aprovados.

e

As meninas eram as mais estudiosas da turma.

Afinal, quando utilizar mas ou mais? Por que essas duas palavrinhas nos confundem tanto, principalmente no momento da escrita? Saiba que essa é uma dúvida recorrente, tipo de problema que é transferido da oralidade para o papel, até porque a maioria de nós não costuma fazer distinção entre o mas e mais na fala, não é mesmo? Se você não quer correr o risco de errar, fique atento às dicas do Brasil Escola sobre as diferenças entre mas e mais e bons estudos!

 Quando empregar mas e mais:

 ► Mas:

Eles estudaram para o concurso, mas não foram aprovados.

Por que, no exemplo acima, foi empregado o mas em vez de mais? Bom, na frase acima, há o sentido de adversidade, ou seja, apesar de eles terem estudado, não foram aprovados. Nessa situação, a melhor opção é utilizar uma conjunção adversativa, que indicará ideia de oposição. No lugar do mas, poderíamos empregar também as conjunções porém, entretanto, todavia, contudo sem que houvesse prejuízo de sentidos.

 Além de desempenhar o papel de conjunção adversativa, o mas também poderá ser um substantivo comum ou um advérbio, esse último aplicado quando a intenção for a de enfatizar uma afirmação. Esses dois empregos são menos comuns, mas existem. Observe:

 Nem mas, nem meio mas, vá já para a cama! (mas = substantivo comum)

Ele é tão gentil, mas tão gentil, que todos querem estar por perto. (advérbio)

► Mais:

As meninas eram as mais estudiosas da turma.

Na oração acima, a palavra mais foi utilizada para conferir ideia de quantidade, ou seja, as meninas são mais estudiosas. Observe que o mais poderia ser substituído pela palavra menos, que também serve para quantificar algo. Mais é um advérbio de intensidade e sempre será utilizado em oposição à palavra menos.

Atenção:

Não confunda mas com más! A palavra más, quando grafada com acento agudo, é o feminino de boas e o plural de má. Observe:

Os jovens foram repreendidos porque andavam com más companhias.


Por Luana Castro
Graduada em Letras
      

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "Mas ou mais?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/gramatica/mas-ou-mais.htm>. Acesso em 23 de outubro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA