Topo
pesquisar

Tipos de industrialização

Geografia

O desenvolvimento industrial ocorreu em três modelos distintos ao longo da história: a industrialização clássica, a planificada e a tardia.
A industrialização ocorre de forma desigual em diferentes regiões do mundo.
A industrialização ocorre de forma desigual em diferentes regiões do mundo.
PUBLICIDADE

Além das três Revoluções Industriais pelas quais a humanidade passou em diferentes períodos, a sociedade em todo mundo já testemunhou três diferentes tipos ou modelos de industrialização, cada um deles ocorrendo em alguns determinados lugares. Esses modelos variavam conforme o grau de desenvolvimento e domínio geopolítico dos Estados Nacionais. O processo industrial ocorria, primeiramente, nos países considerados desenvolvidos e, por último, nos países chamados subdesenvolvidos e emergentes.

Industrialização clássica

A industrialização clássica ocorreu nos países desenvolvidos, acontecendo primeiramente na Inglaterra, na segunda metade do século XVIII, e estendendo-se ao longo do século XIX em outros países também considerados desenvolvidos.

Esses países, durante esse processo, passaram por profundas mudanças em seus respectivos espaços geográficos, que se transformaram conforme a economia e outros setores da sociedade também se modificaram.

Os países que passaram pela revolução clássica foram sempre pioneiros no que se refere à elaboração de novas tecnologias. Caracterizam-se por serem grandes importadores de matérias-primas, utilizadas em seu processo industrial, e por serem grandes exportadores de produtos industrializados e, principalmente, de alta tecnologia.

A maior parte das empresas multinacionais da atualidade é proveniente dos países de industrialização clássica.

Industrialização planificada

Esse tipo de industrialização ocorreu ao longo do século XX e praticamente não existe mais. Iniciou-se após o surgimento da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e estendeu-se por todos os países que adotaram o modelo socialista soviético.

Ao contrário das demais formas de industrialização, todas as fábricas, indústrias e propriedades eram estatais. Nesse caso, não era o mercado quem regulamentava a economia, mas o Estado. Era ele quem determinava os salários, os preços dos produtos e as transformações econômicas e sociais.

Com a queda do Muro de Berlim e o declínio do mundo socialista pautado no modelo soviético ao final do século XX, esse tipo de industrialização ruiu, as propriedades estatais foram, em sua maioria, privatizadas para empresas estrangeiras ou fechadas, o índice de desemprego aumentou e a economia desses países sofreu graves crises.

Industrialização tardia ou periférica

Esse modelo de industrialização ocorreu, principalmente, nos países subdesenvolvidos e emergentes, incluindo o Brasil. Iniciou-se a partir de meados do século XX, primeiramente na América Latina, na década de 1950, e, posteriormente, em 1960, para o extremo oriente, o sudeste da Ásia e para o Sul da África.  Ainda hoje existem países que passam por esse processo de industrialização.

A industrialização tardia caracteriza-se, principalmente, pela instalação de empresas estrangeiras, as multinacionais. Por isso, alguns críticos afirmam que esses países não SE industrializaram, mas FORAM industrializados, ou seja, o processo de crescimento industrial desses países foi passivo e coordenado pelo capital estrangeiro a seu bel-prazer.

A maior parte das fábricas é do tipo de bens de consumo, isto é, produzem mercadorias diretamente do consumidor. A tecnologia utilizada, quase sempre, é de origem estrangeira.

Por Rodolfo A. Pena
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Tipos de industrialização"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/tipos-industrializacao.htm>. Acesso em 15 de dezembro de 2017.

Questão 1

Observe a figura abaixo:

Pessoas pobres andando pelas ruas de Paris, em 1858

A figura é uma representação da produção do espaço geográfico muito influenciada pela industrialização:

a) do tipo clássico, que propiciou uma grande quantidade de ornamentos urbanísticos e inspirou grandes pintores a retratarem a miséria do mundo, da qual a imagem acima é exemplar.

b) do tipo moderno, pois foi a primeira vez que a humanidade conheceu os avanços tecnológicos. A imagem denuncia aqueles que se recusaram a se inserir no novo modelo de produção e consumo.

c) do tipo clássico, que propiciou uma rápida urbanização das grandes capitais europeias que viram a maior parte de sua população padecer em moradias precárias e zonas insalubres, gerando uma grande massa de miseráveis, como os representados na imagem.

d) do tipo moderno que, assim como todas as demais formas de industrialização, gerou uma massa de desempregados, geralmente formados por pessoas de baixa instrução escolar e que não conseguiram se inserir no mercado de trabalho.

e) do tipo estrutural, que renovou todas as concepções urbanísticas mundiais e foi responsável pela expulsão de indigentes e maltrapilhos que ainda insistiam em morar em belas capitais como Paris.

Ver resposta
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA