Topo
pesquisar

Teoria dos mundos

Geografia

A Teoria dos mundos segmentou os países em primeiro, segundo e terceiro mundo com base em suas diferenciações políticas e econômicas.
Com muitos problemas sociais, o Brasil integrou os países do terceiro mundo
Com muitos problemas sociais, o Brasil integrou os países do terceiro mundo
PUBLICIDADE

A teoria dos mundos é uma perspectiva econômica que visa classificar os países com base em três níveis de desenvolvimento. Essa teoria era mais adequada para explicar a correlação internacional econômica entre os anos de 1945 e 1990. Hoje em dia, ela é considerada obsoleta.

Os três “mundos” da economia global, segundo essa perspectiva, colocariam em separação o grupo de países capitalistas desenvolvidos (primeiro mundo), os países autodeclarados socialistas ou de economia planificada (segundo mundo) e os países capitalistas subdesenvolvidos e considerados “não alinhados” durante a Guerra Fria (terceiro mundo).

O primeiro mundo englobou, portanto, países como Estados Unidos, Inglaterra, França e alguns poucos outros, considerados como potências econômicas internacionais e, alguns deles, também potências militares. Esses países protagonizaram o bloco capitalista da Guerra Fria. Diante desse contexto, os europeus aproximaram-se mutualmente naquilo que mais tarde se transformou em União Europeia.

O segundo mundo, por sua vez, envolvia a extinta União Soviética e os países a ela alinhados, como Cuba, Iugoslávia, China (que mais tarde rompeu sua aliança com os soviéticos), Coreia do Norte e outros. Com o fim da Guerra Fria, esse “mundo” praticamente deixou de existir, pois a maioria dos países de economia planificada teve que se abrir para a economia de mercado.

O terceiro mundo, assim, reuniu os demais países, que se autodeclararam como “não alinhados”. Ele era basicamente formado por economias periféricas ou em desenvolvimento, como o Brasil, a Argentina, muitos países do continente africano, a Índia e muitos outros.

Como já dissemos, essa divisão não é considerada atual, mas é de importante compreensão para entendermos as diferenciações entre a ordem mundial da Guerra Fria e o contexto geopolítico mundial. Atualmente, com o declínio do segundo mundo, o mundo vê-se dividido em duas principais oposições, o norte e o sul.

Os países do norte são aqueles considerados desenvolvidos ou politicamente influentes, como a Rússia. Apesar do termos, nem todos os países que fazem parte dessa classificação encontram-se, de fato, no norte geográfico do planeta, a exemplo da Austrália e da Nova Zelândia.

Os países do sul, consequentemente, referem-se aos não desenvolvidos, de modo que se encontram, quase todos, na porção sul do planeta. Por ser muito abrangente, costuma-se dividir essa frente em países emergentes e países subdesenvolvidos. Os primeiros são aqueles países cujas economias apresentaram melhorias relativas nos últimos anos, com avançada industrialização e Produto Interno Bruto (PIB) elevado, tais como os BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o México, a Turquia, a Indonésia e outros. Os segundos são aqueles países de desenvolvimento recente, com grandes problemas sociais e acentuada dependência econômica. É o caso de um grande grupo de países na América Latina, na África Subsaariana e na Ásia.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Teoria dos mundos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/teoria-dos-mundos.htm>. Acesso em 22 de outubro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA