Topo
pesquisar

Formação do carvão mineral

Geografia

O processo de formação do carvão mineral é lento, para se transformar no minério que é hoje foi necessário um período de 300 milhões de anos.
PUBLICIDADE

Carvão mineral é um minério não renovável extraído do subsolo por meio da mineração. É um combustível fóssil que foi bastante usado na Primeira Revolução Industrial. Esse minério possui uma coloração preta ou marrom, constituído por átomos de carbono e magnésio. Na categoria de combustíveis fósseis, o carvão é o que possui a maior reserva no mundo. No planeta, os maiores produtores de carvão mineral são Rússia 56,5%, Estados Unidos 19,5%, China 9,5%, Canadá 7,8%, Europa 5,0%, África 1,3% e outros 0,4%.

O minério em questão formou-se há milhões de anos. O processo de sua formação aconteceu a partir de troncos, raízes, galhos e folhas de árvores gigantes. Todos esses fragmentos vegetais, após terem morrido, foram depositados e soterrados por sedimentos. Por meio de uma grande pressão e temperaturas extremamente elevadas foram gradativamente se transformando em minério de carvão, isso há 300 milhões de anos.

As etapas de formação do minério ocorreram primeiramente com a constituição da turfa, depois do linhito, o carvão betuminoso e o antracito. Em todo o globo existem aproximadamente 8 trilhões de toneladas de carvão com viabilidade de exploração.
O carvão foi e ainda continua sendo uma das principais fontes de energia, superado somente pelo petróleo. Pelo menos 23,3% da energia consumida é oriunda do carvão mineral.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo De. "Formação do carvão mineral "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/formacao-carvao-mineral.htm>. Acesso em 26 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA