Topo
pesquisar

Diferença entre neve, geada e granizo

Geografia

A diferença entre neve, geada e granizo engloba não somente a classificação, mas as características físicas e até o local onde essas manifestações naturais ocorrem.
Precipitação em forma de neve
Precipitação em forma de neve
PUBLICIDADE

Ao longo do tempo, podemos presenciar uma grande diversidade de fenômenos meteorológicos. Alguns deles são muito comuns, como as chuvas, enquanto outros são menos frequentes ou, dependendo da localidade, muito raros ou impossíveis de acontecer, como a neve. Durante o tempo frio, alguns desses eventos naturais fascinam pela sua beleza e também pelas curiosidades sobre como eles se formam e qual a diferença entre um e outro.

Algumas dessas dúvidas são velhas conhecidas no imaginário popular: afinal, se granizo é gelo, qual é a diferença entre neve e granizo? E qual é a diferença entre neve e geada? Existem outros fenômenos semelhantes a esses?

Vamos conferir alguns conceitos que permitirão compreender melhor a diferença entre neve, geada e grazino, além de outros termos relacionados:

Neve – é a precipitação atmosférica em forma de gelo, geralmente em formato hexagonal ramificado translúcido, originada a partir do congelamento direto do vapor d'água suspenso na atmosfera. Pode cair em forma de pelotas de neve (mais pesadas) ou em forma de grãos ou flocos de neve (mais leves).

Geada – é o processo de sublimação do vapor da água em áreas próximas à superfície imediata de contato, com a formação e acúmulo de gelo sobre a superfície, plantas e objetos expostos. A geada branca, mais comum, congela somente a área superficial, enquanto a geada negra, que se manifesta em temperaturas menores que 10ºC, é mais forte e pode resultar na morte de plantas.

Portanto, a diferença entre neve e geada, basicamente, é o fato de a primeira formar-se pela sublimação do vapor em altitudes mais elevadas, ao passo que a geada manifesta-se próxima ao chão.

Pássaro sobre vegetação recoberta pela geada
Pássaro sobre vegetação recoberta pela geada

Granizo – é um tipo de precipitação atmosférica responsável pela queda de gelo em pedaços e apresenta formas irregulares e tamanhos geralmente superiores a 5 mm. Normalmente caem em conjunto com a chuva.

Assim, a diferença entre neve e granizo está no tamanho das partículas (o granizo é maior), na forma irregular que esse último apresenta, além de ele estar associado à chuva líquida.

Exemplo de chuva com queda de granizo
Exemplo de chuva com queda de granizo

Existem outros tipos de precipitações semelhantes à neve e ao granizo:

Sincelo – é o congelamento de gotas em suspensão após essas entrarem em contato com a superfície que se encontra muito fria ou igualmente congelada. Costuma acontecer em momentos de nevoeiros.

Escarcha – é um processo semelhante ao sincelo, com a diferença de ser mais brando e ocorrer em situações de neblina.

Exemplo de sincelo formado sobre uma planta
Exemplo de sincelo formado sobre uma planta


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Diferença entre neve, geada e granizo"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/diferenca-entre-neve-geada-granizo.htm>. Acesso em 23 de novembro de 2017.

A neve é muito comum em alguns lugares durante o inverno
Geografia Inverno
Área coberta de neve
Geografia Neve
Vista do cume do Pico da Neblina *
Geografia do Brasil Pico da Neblina
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA