Topo
pesquisar

Dessalinização da água

Geografia

O processo de dessalinização da água consiste na remoção do excesso de sais minerais em recursos hídricos salgados ou salobros, obtendo, assim, água potável.
PUBLICIDADE

O processo de dessalinização da água é um conjunto de métodos para retirar a maior parte dos sais minerais de águas salgadas ou salobras a fim de torná-las doces ou potáveis, voltadas, portanto, para o consumo. Esse procedimento pode ser utilizado tanto para a água do mar quanto para o tratamento de águas salobras ou de reservatórios com grandes quantidades de impurezas.

Sabemos que pouco menos de 3% de toda a água do planeta é doce, ou seja, própria para o consumo. No entanto, desse total, a maior parte encontra-se concentrada nas geleiras do Ártico e da Antártida, de forma que o crescente consumo desse recurso natural, bem como a sua má distribuição pelo planeta, demanda a realização de formas alternativas de produção a fim de se evitar o agravamento do problema da sede.

Atualmente, são vários os países que realizam a dessalinização para a produção de água potável. É o caso, por exemplo, da Arábia Saudita, cujo processo dá conta de cerca de 70% de toda a água doce consumida no país. Outros países que também adotam essa estratégia são Israel, Emirados Árabes, vários estados dos Estados Unidos, Kwait, Japão, Austrália, Argélia, entre outros. No Brasil, nove estados também já apresentam regiões que contam com essa técnica para a geração de água potável.

Como é realizada a dessalinização da água?

Existem vários processos físico-químicos para a retirada da maior parte dos sais minerais da água salgada, dentre os quais quatro deles podem ser destacados:

Evaporação ou dessalinização térmica: É o tipo “clássico” e mais simples de dessalinização. A água é armazenada em um tanque coberto por algum material transparente, onde recebe luz solar, aquece-se e começa a evaporar. O vapor, que se acumula na parte superior do tanque, vai gradativamente se condensando, transformando-se novamente em água sem a presença dos sais anteriormente existentes. Assim, ela é captada e remanejada para outro tanque, onde é armazenada e direcionada para o consumo. A melhor forma de realizar esse método é por intermédio do aquecimento solar natural, pois outras formas de gerar calor podem ocasionar prejuízos ambientais e um alto consumo de energia.

Osmose reversa: Ocorre quando é empregada uma forte pressão sobre a água, de modo a deslocá-la em direção a algumas membranas que são capazes de separar praticamente toda a água dos sais minerais e outras impurezas presentes no volume original. A maior parte das usinas de dessalinização atuais utiliza esse método, que demanda custos na limpeza e reposição das membranas osmóticas.

Esquema explicativo da osmose reversa
Esquema explicativo da osmose reversa

Destilação multiestágios: Nesse método, a água é aquecida em uma tubulação, onde entra em ebulição e passa por sucessivos processos de destilação, sendo sequencialmente aquecida e transferida para pontos com diferentes níveis de pressão. Esse processo garante uma maior pureza da água, mas é mais caro.

Congelamento: A água possui pontos de fusão e ebulição diferentes em relação a outras substâncias. Assim, da mesma forma que a evaporação garante que apenas a água evapore, separando-se dos sais e impurezas, o congelamento segue o mesmo princípio. No entanto, essa técnica ainda precisa de mais testes e aplicações.

A vantagem da dessalinização da água é a possibilidade de garantir a distribuição de água potável para regiões carentes desse recurso, podendo transformar-se em uma boa saída para o problema da sede em várias partes do mundo. A principal desvantagem da dessalinização é o seu alto custo, que atualmente é cinco vezes maior do que o tratamento da água para reuso, muito embora os valores tenham diminuído substancialmente ao longo dos últimos anos.

Além disso, existem os impactos ambientais gerados tanto pelos sistemas de aquecimento, que podem ser poluentes, quanto pela má destinação do material que é produzido a partir de sua remoção da água salgada. Apesar disso, a tendência é haver um aumento desse procedimento em todo o mundo, principalmente em razão do fato de o consumo de água vir aumentando em níveis muito maiores do que o crescimento populacional.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Dessalinização da água"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/dessalinizacaoagua.htm>. Acesso em 25 de maio de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA