Topo
pesquisar

Cinco dicas para resolver exercícios de Física

Física

A resolução de exercícios de Física pode tornar-se menos complexa se algumas dicas simples forem seguidas.
PUBLICIDADE

Listamos para você cinco dicas importantes para auxiliar a resolução de exercícios de Física. Não se engane! Não existe mágica para resolver questões, na verdade, é necessário muito estudo e dedicação. Contudo, se você tem dificuldade com essa disciplina, existem alguns passos importantes que podem tornar a resolução dos exercícios mais simples. Confira!
 

I. Conheça a teoria!

A Física é uma ciência que possui teorias riquíssimas e muito bem elaboradas por diversos ícones dessa ciência. Tentar resolver um exercício de Física sem conhecer a teoria que explica o fenômeno em questão pode ser o caminho certo para o erro.

Vamos pensar no exemplo da Óptica Geométrica, em que os espelhos esféricos são estudados. No estudo analítico dos espelhos esféricos, define-se que o foco do espelho convexo é negativo e o foco do espelho côncavo é positivo. Alguém que não conheça esse detalhe, mas possua somente a equação de Gauss (equação que relaciona as posições do objeto e da imagem com o foco do espelho), poderia cometer erros no momento de colocar os sinais positivos ou negativos nos valores da equação ou não saberia interpretar uma resposta que indicasse um valor negativo para o foco de um espelho, reconhecendo-o como convexo, por exemplo.

II. Anote os dados!

Ao longo do enunciado das questões, os dados necessários para a sua resolução vão sendo fornecidos. É extremamente importante listar os dados fornecidos para ter de forma acessível tudo o que será necessário para a resolução da questão. Caso os dados não sejam listados, a todo momento que a necessidade de seu uso surgir, você terá que ler novamente o enunciado e procurar a informação desejada. Isso pode fazer com que você se perca na resolução do exercício.

III. Identifique a pergunta!

Todos os exercícios possuem algo chamado de comando da questão, que é justamente a pergunta do exercício, aquilo que você deve encontrar. É muito importante que o comando da questão esteja bem claro e entendido, pois somente assim os caminhos para a resolução poderão ser encontrados.

IV. Confira as unidades de medida!

Conhecer as determinações do Sistema Internacional de Unidades (SI) é muito importante na resolução de exercícios, pois a resposta final só estará correta se as unidades de medida forem utilizadas corretamente.

Imagine um exercício em que se deve determinar a força resultante que atua sobre um objeto de 500 g para que ele possua uma aceleração igual a 10 m/s2. Nesse caso, deve-se transformar a massa do objeto de grama (g) para quilograma (kg), pois a unidade de força (N – newton) está definida em termos de kg, e não de g. Sendo assim, o valor a ser utilizado para a massa é 0,5 kg. Confira a resolução:

A partir da Segunda Lei de Newton, temos:

FR = m.a

FR = 0,5. 10

FR = 5 N

V. Analise as equações

Depois de anotar os dados, entender o comando da questão e colocar todas as unidades de medida de acordo com o Sistema Internacional, deve-se procurar na teoria qual ou quais equações podem ser utilizadas para solucionar o problema. Existem casos em que mais de uma equação pode ser utilizada. Quando isso acontecer, opte pelo caminho mais simples.

  • Exemplo

Vamos resolver o exercício abaixo seguindo todos as cinco dicas dadas acima.

Determine a quantidade de calor necessária para elevar de 20°C para 100°C uma panela de ferro de 400 g que possui calor específico de 450 J/Kg.°C

1. Teoria envolvida

Quantidade de calor; calorimetria.

2. Dados da questão

Massa: m = 400 g

Temperatura inicial = 20°C

Temperatura final = 100 °C

Variação de temperatura: ΔT = 100 – 20 = 80°C

Calor específico do ferro: c = 450 J/Kg.°C

3. Comando da questão

Determinar a quantidade de calor que será fornecida ao ferro para que a sua temperatura eleve-se de 20°C para 100°C.

4. Conferindo as unidades

O calor específico do ferro foi fornecido com base nas unidades joule (J), quilograma (kg) e graus Celsius (°C). Como a massa da panela foi fornecida em gramas, ela deve ser transformada para quilograma.

Massa: m = 400g ÷ 1000 = 0,4 Kg

5. Equação

A equação a ser utilizada é a que determina a quantidade de calor sensível fornecida ou retirada de um corpo.

Q = m.c.ΔT

Q = quantidade de calor;

m = massa;

c = calor específico;

ΔT = variação de temperatura.

Resolução:

Q = m.c.ΔT

Q = 0,4 . 450 . 80

Q = 14.400 J

Serão necessários 14.400 J de calor para aquecer a panela de ferro de 20°C para 100°C.


Por Joab Silas
Graduado em Física

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

JúNIOR, Joab Silas da Silva. "Cinco dicas para resolver exercícios de Física"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/cinco-dicas-para-resolver-exercicios-fisica.htm>. Acesso em 29 de maio de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA