Topo
pesquisar

A História do Eletromagnetismo

Física

James Clerk Maxwell
James Clerk Maxwell
PUBLICIDADE

A origem exata do magnetismo ainda é um grande mistério. Uma lenda diz que um pastor de ovelhas da Grécia Antiga, fez a primeira observação das propriedades magnéticas de uma pedra, chamada de magnetita. Diz a lenda, que o pastor possuía um cajado com a ponta de ferro, e cada vez em que era encostado na pedra, seu cajado ficava preso por uma força inexplicável.

O nascimento do eletromagnetismo se deu no século XIX, com a clássica experiência do físico dinamarquês Hans Christian Oersted (1771-1851). Em 1820, ele verificou que, ao colocar um bussola sob um fio onde passava uma corrente elétrica, verificava-se um desvio na agulha dessa bussola. A partir dessa experiência Oerted estabeleceu uma relação entre as propriedades elétricas e magnéticas, dando origem ao eletromagnetismo.

O físico e matemático André-Marie Ampère (1775-1836) construiu o primeiro eletroímã. Esse dispositivo foi fundamental para a invenção de aperfeiçoamento de vários aparelhos, como o telefone, o microfone, o alto-falante, o telégrafo etc.
Michael Faraday (1791-1867), cientista autodidata inglês, deu sua grande contribuição ao eletromagnetismo com a descoberta da indução eletromagnética, fundamental para o surgimento dos motores mecânicos de eletricidade e os transformadores.

Outros físicos também devem ser lembrados, por contribuições feitas ao eletromagnetismo, como o físico norte-americano Joseph Henry (1797-1878), que deu continuidade aos trabalhos de Faraday sobre a indução eletromagnética, Heinrich Lenz (1804-1865), físico russo que também se dedicou a estudar esse fenômeno, Nicolas Tesla que estudou o campo magnético.

Finalmente, podemos citar em especial James Clerk Maxwell (1831-1879), notável físico escocês, cuja participação teve importância teórica fundamental. Maxwell em sua obra Tratado sobre eletricidade e magnetismo (publicada em 1873), generalizou os princípios da eletricidade descobertos por Coulomb, Ampère, Faraday e outros. Entre outros feitos, Maxwell descobriu através de equações matemáticas a velocidade da luz com um percentual de erro muito pequeno, com relação aos dados experimentais que temos hoje. A descoberta posterior das ondas eletromagnéticas constituiu a verificação experimental do acerto da Teoria de Maxwell.
 

Por Kléber Cavalcante
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Eletromagnetismo - Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAVALCANTE, Kleber G. "A História do Eletromagnetismo"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/a-historia-eletromagnetismo.htm>. Acesso em 23 de setembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA