Topo
pesquisar

Férias: Descansar ou Estudar pro Vestibular?

Educação

PUBLICIDADE

As férias, em geral, sempre significam descanso, viagens, diversão, etc., porém pra quem é vestibulando, as férias podem significar um espaço de tempo estratégico para o bom desempenho no vestibular. Mas o que fazer, recuperar as energias para começar o segundo semestre com a cabeça fresca ou estudar mais e mais?

Na verdade, tudo irá depender de uma série de fatores, variando de estudante para estudante. Se um estudante foi bem disciplinado no ano e está por dentro da matéria, o ideal seria estudar uma semana e descansar durante as outras, pois o segundo semestre é de suma importância para o vestibulando, pois dois terços do que é cobrado nos vestibulares, é estudado nesse período.

Já para um estudante que começou o ano mal e não possui disciplina nos estudos, ou se o curso escolhido é de alta concorrência, é recomendável estudar mais. Contudo é importante frisar para os mal-disciplinados, que o que for estudado nesse período não vai repor todo o conteúdo perdido.

Para os compulsivos aos estudos, uma notícia. Estudar demais e acabar com momentos de lazer, descanso e diversão, pode atrapalhar o desempenho do aluno. Existe um momento “x”, o clímax nos estudos, que é o estado ideal para se fazer o vestibular. Quando se estuda compulsivamente, esse clímax passa, reduzindo grandemente o desempenho do aluno por motivos de cansaço e estresse.

Portanto a grande dica de quem já passou nos maiores vestibulares do Brasil é: estude muito, porém lembre que sua vida não é só aquilo. Divirta-se, saia com amigos, ria, converse com as pessoas, etc. Todos esses fatores juntos podem definitivamente, dar inúmeras vantagens ao vestibulando.

Educação - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Tiago. "Férias: Descansar ou Estudar pro Vestibular?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/educacao/ferias-descansar-ou-estudar-pro-vestibular.htm>. Acesso em 26 de julho de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA