Topo
pesquisar

Duas Graduações – prós e contras

Educação

Cursar duas graduações simultâneas requer que ambas estejam relacionadas entre si
Cursar duas graduações simultâneas requer que ambas estejam relacionadas entre si
PUBLICIDADE

Manter a rotina de duas faculdades, dois cursos, não é nada fácil. Para isso o estudante deverá abrir mão de coisas que são de fundamental importância para sua vida, como: passear com os amigos, namorar, participar de festas e eventos, além de ter que se dedicar horas aos estudos e a trabalhos acadêmicos.

Tendo em vista que este é o sonho de vários universitários, muitos tem se ocupado com esta intenção, de forma a se preparar melhor para o mercado de trabalho.

Porém, para cursar duas faculdades é importante que os cursos tenham ligações entre si, para que possam ser aproveitados durante a carreira profissional. De nada adianta se sacrificar fazendo odontologia e engenharia, por exemplo, se ao final de ambos os caminhos a serem percorridos serão totalmente diferentes.

Os campos de estágio também são muito difíceis, pois o estudante não terá tempo suficiente para se dedicar a adquirir experiência para as duas profissões. Estudando em dois períodos só terá um período para fazer estágio, além de não ter tempo suficiente para fazer as tarefas de casa, poderá comprometer suas aprendizagens.

O lado financeiro também deverá ser considerado, pois além de não ter tempo para fazer dois estágios, os custos serão dobrados com aquisição de livros, fotocópias, transportes, etc. Além disso, se as faculdades forem particulares, as despesas serão mesmo altas.

Desse modo, não pense que fazer dois cursos será coisa fácil, pois o tempo ficará escasso e o estudante poderá chegar ao estresse. Mas se essa for a melhor opção para a carreira, o sacrifício valerá a pena.

É bom lembrar que hoje em dia o mercado valoriza muito o acúmulo de graduações e especializações e, portanto, essa poderá ser uma boa opção para se destacar.

Mesmo gostando de dois cursos, estando na dúvida com a escolha da profissão, é importante enfatizar que mais cedo ou mais tarde a opção por uma delas deverá acontecer, priorizando a de maior agrado, afinal, não dá para exercer as duas, mas sim conciliá-las.

Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

BARROS, Jussara de. "Duas Graduações – prós e contras "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/educacao/duas-graduacoespros-contras.htm>. Acesso em 22 de setembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA