Topo
pesquisar

Símbolos e curiosidades da Copa de 2014

Educação Física

Bola com fitinhas do Senhor do Bonfim, mascote tatu-bola e protestos são algumas das curiosidades da Copa de 2014.
Cartaz da Copa do Mundo de 2014
Cartaz da Copa do Mundo de 2014
PUBLICIDADE

Os eventos esportivos mais importantes do mundo, como as Olimpíadas e os campeonatos mundiais, possuem símbolos específicos para cada edição. No caso da Copa do Mundo de Futebol, há um cartaz oficial, mascote e uma bola fabricada especialmente para o evento. Esses símbolos retratam características dos países ou cidades que recebem os jogos. Abaixo listamos os símbolos da Copa do Mundo de 2014, seus significados e algumas curiosidades sobre o evento que ocorrerá no Brasil em junho e julho.

Pôster
O desenho do pôster ou cartaz oficial da Copa do Mundo de 2014 (imagem acima) é uma disputa de bola entre dois jogadores representados apenas pelas suas pernas, e o contorno forma o mapa do Brasil no centro. A ilustração é formada através da união de vários símbolos que representam as belezas naturais e a história brasileira. O cartaz foi escolhido por uma comissão julgadora da FIFA.

Mascote
Fuleco é um tatu-bola de 14 anos, com o corpo amarelo, bermuda verde, carapaça azul e camiseta branca, formando as cores da bandeira do Brasil. O tatu é um animal típico do país, encontrado em savanas, cerrados abertos e locais com vegetação seca. Essa espécie de tatu tem a capacidade de se enrolar e ficar no formato de uma bola, objeto principal do futebol. 

Bola
A bola oficial da Copa do Mundo de 2014 chama-se Brazuca, nome escolhido após votação popular pela internet. Os outros nomes eram Bossa Nova e Carnavalesca. As cores e o design da Brazuca simbolizam as “fitinhas” de Senhor do Bonfim, cuja tradição diz que um desejo é realizado quando a fita se rompe do braço.

Mascote, bola e troféu da Copa
Mascote, bola e troféu da Copa

Ingressos
Os preços dos ingressos para as partidas da Copa de 2014 variam de R$ 30 a R$ 1.980, para brasileiros, e de 90 a 990 dólares para estrangeiros. Os ingressos mais baratos referem-se à meia-entrada para os brasileiros que moram no país e que são estudantes, idosos (acima de 60 anos) ou participantes do programa Bolsa Família. Os mais caros são para assistir à final nas cadeiras do estádio com melhor visão e/ou maior proximidade do campo.

Estádios
Doze estádios foram construídos ou reformados para a Copa do Mundo no Brasil, sendo nove públicos e três particulares. O Maracanã, no Rio de Janeiro, é o estádio com a maior capacidade de espectadores: 73.531, segundo dados da FIFA. A Arena da Baixada, em Curitiba, tem a menor capacidade entre os doze estádios: 41.456 pessoas.

Gastos
A Copa de 2014 é a mais cara da história. De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), quase R$ 26 bilhões foram gastos em obras para o evento, cerca de R$ 8,3 bilhões de financiamentos federais, R$ 6,3 bil em recursos diretos federais, R$ 4 bi estaduais, R$ 1 bi municipais e R$ 4 bi de outras fontes. As obras dos estádios custaram R$ 8 bilhões, mais que o valor dos mundiais de 2006 e 2010 juntos.

Protestos
O Governo Federal e a FIFA temem que protestos sejam realizados durante o período de jogos. Em 2013, a população brasileira foi às ruas protestar contra vários temas, sendo a Copa do Mundo um deles. Durante a Copa das Confederações, em junho de 2013, houve protestos na porta de alguns estádios, causando tensão antes dos jogos. A FIFA quer que o Governo tome medidas para que o público não seja impedido de comparecer aos estádios.

População
A maioria da população brasileira é contra a realização da Copa do Mundo de 2014, segundo pesquisa encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) ao instituto MDA. Entre os entrevistados, 50,7% não apoiariam a candidatura do Brasil, 26,1% são totalmente a favor e 19,7% defendem parcialmente a realização do evento. A pesquisa também apontou que 85,4% dos entrevistados acreditam que haverá protestos durante a Copa.

Por Adriano Lesme
Graduado em Jornalismo

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LESME, Adriano. "Símbolos e curiosidades da Copa de 2014"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/educacao-fisica/simbolos-curiosidades-copa-2014.htm>. Acesso em 16 de dezembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA