Topo
pesquisar

Dólar

Economia e Finanças

PUBLICIDADE

O dólar é a moeda oficial dos Estados Unidos da América, Equador, El Salvador e Panamá. As principais abreviações para a moeda são USD (código ISO 4217) e US$ (Fundo Monetário Internacional). Com cerca de, aproximadamente, 700 bilhões em circulação no ano de 2004, o dólar é amplamente usado como moeda de reserva em diversos países, como o Brasil, por exemplo. Sem dúvida, os “greenbacks”, como são chamados, possuem uma enorme importância na economia mundial.

Durante a segunda metade do século XIX, a libra-esterlina exercia a função de moeda internacional. Em contrapartida, o dólar aparecia como a última opção para assumir esse posto. Isso era explicado pelo fato dos Estados Unidos serem, naquela época, devedores internacionais não confiáveis e dotados de um sistema monetário não unificado.

O dólar só passou a exercer o papel que possui hoje a partir do século XX. Após a Segunda Guerra Mundial, os países abalados pela guerra, especialmente europeus, se tornaram mais dependentes dos produtos estadunidenses. Isso fez com que os mesmos passassem a adquirir dólares, dando à moeda, um caráter internacional e confirmando a hegemonia capitalista dos Estados Unidos. Para se ter uma idéia, a Inglaterra passou de credora a devedora no período do pós-guerra, cedendo aos EUA a posição de liderança do sistema monetário internacional.

O nome “dólar” é proveniente da palavra alemã “thaler”, uma antiga moeda de prata cunhada pela primeira vez em 1518, na Alemanha. Inicialmente, existiam notas de valores altíssimos, como US$ 1.000, US$ 10.000 e até US$ 100.000. Isso favorecia grandemente o crime organizado, fato que fez com o presidente Richard Nixon retirasse essas cédulas de circulação em 1966.

Por Tiago Dantas
Equipe Brasil Escola

Veja mais: História da Moeda

Economia - Brasil Escola

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA