Topo
pesquisar

Bolsa de Valores

Economia e Finanças

PUBLICIDADE

Quem nunca ouviu falar na tal da Bolsa de Valores?

É comum, ao ligarmos nos noticiários e depararmos sobre a queda ou a alta da Bolsa de Valores, mas o que é a bolsa de valores?

As bolsas de valores são locais onde são negociados os títulos emitidos por empresas sejam elas com capitais públicos, mistos ou privados.
Apesar de que atualmente devido à globalização, não existem mais empresas com capitais 100% públicos, ou seja, empresas que são 100% do governo seja ele federal ou estadual ou municipal.

A bolsa de valor centraliza as operações do chamado mercado capital, podemos fazer uma analogia a uma feira onde ao invés de vermos vendedores oferecendo verduras, frutas e legumes são negociados ações de compras ou vendas.
Estas ações são títulos que representam pequenas parcelas de uma companhia (empresa).
Neste caso, ao comprar uma parte destas ações, o comprador torna-se um pouco dono da empresa, sendo assim passa a ter direito aos lucros obtidos da empresa. Mas, vale lembrar que as ações correspondem à milionésima partícula da empresa, ou seja, representam uma porcentagem bem baixa da ação da empresa, sendo assim o comprador não poderá opinar diretamente nas questões da empresa, ao menos que ele compre uma porcentagem significativa.

A Bolsa de Valores também negociam debêntures, ou seja, um título emitido para obtenção de empréstimos em longo prazo, neste caso ao adquirir debêntures você estará fazendo um empréstimo à determinada empresa que garantirá o pagamento através da hipoteca de seu patrimônio.

As principais bolsas de valores do mundo são: Nasdaq, Bolsa de Nova Iorque, Bolsa de Chicago, Bolsa de Frankfurt.
E a principal bolsa de valores do Brasil é a Bovespa (Bolsa de São Paulo).

História da Bolsa de Valores

As bolsas de valores tiveram origem na antiguidade, no início os próprios comerciantes se reuniam para fazer os negócios.
No Brasil, a bolsa de valores chegou em 1845 quando o Imperador do Brasil, Dom Pedro II, regulamentou a profissão.

Economia - Brasil Escola

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA