Topo
pesquisar

Vitiligo

Doenças e patologias

PUBLICIDADE

O vitiligo atinge cerca de 5% da população mundial e, em 30% dos casos, há ocorrência familiar. Ele é caracterizado por manchas claras que se localizam nas mãos, pés, face, tronco e genitais, e tendem a se distribuir simetricamente. Cílios, sobrancelhas e pelos pubianos podem ser atingidos.

As regiões despigmentadas não coçam, não ardem, não doem e tampouco são contagiosas. Estas podem, espontaneamente, desaparecer ou permanecer por toda a vida, na ausência de tratamento. Sua evolução é imprevisível e pode ocorrer, de forma simultânea, a regressão de algumas lesões enquanto outras se desenvolvem.

As manchas são consequência da diminuição ou ausência de melanina nestes locais e a causa ainda não é bem conhecida. Entretanto, sabe-se que fatores genéticos, ambientais, emocionais e imunológicos estão fortemente relacionados. Em 70% dos casos, seu surgimento está ligado a traumas emocionais graves.

O diagnóstico é feito pela análise das lesões e exames laboratoriais confirmatórios, a fim de verificar se não se trata de micoses ou manchas decorrentes da exposição solar. Para tratamento, o uso de pomadas e loções, repigmentação e exposições ao sol com o uso de substâncias fotossensibilizantes podem ser indicados pelo médico. Vale lembrar que esses procedimentos são demorados e exigem paciência.

Quando as regiões despigmentadas afetam mais da metade do corpo, pode ser indicada a despigmentação total da pele.

Muitos dos portadores do vitiligo podem desenvolver problemas emocionais: consequência do preconceito de outras pessoas e de questões relacionadas à autoestima. Este fator pode agravar ainda mais o quadro e, assim, o acompanhamento psicológico pode se fazer necessário.

Recomenda-se o uso de protetor solar adequado, com reaplicação a cada duas horas; meia hora diária de banho de Sol, em horário entre as seis e dez horas da manhã; e hidratação da pele, sem necessidade de cremes ou sabonetes específicos.

Por Mariana Araguaia
Equipe Brasil Escola

Doenças - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Vitiligo"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/doencas/vitiligo.htm>. Acesso em 27 de maio de 2017.

A urticária é uma reação na pele que atinge principalmente pessoas com alergias respiratórias ou de pele
Doenças e patologias Urticária
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA