Topo
pesquisar

Gota

Doenças e patologias

A gota ocorre em virtude de um acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações.
PUBLICIDADE

A gota é uma forma de artrite caracterizada pela dor, calor, vermelhidão e aumento de volume (tumefação) das articulações do corpo. Geralmente acomete uma articulação por vez e não é transmitida para outra articulação. Atinge principalmente o dedão do pé, joelhos e calcanhar.

A tumefação e a dor são causadas em razão de uma deposição de cristais de ácido úrico na articulação. O ácido úrico é o produto final do metabolismo das purinas e é eliminado naturalmente na urina. Entretanto, em pessoas acometidas por essa doença, os níveis se encontram tão elevados (hiperuricemia), que ele se cristaliza e se acumula em articulações e outros tecidos. Ele pode depositar-se também nos rins, levando à formação de cálculos renais de ácido úrico.

 O aumento dos níveis desse ácido pode ocorrer em virtude de uma grande produção, uma baixa eliminação ou uma combinação desses fatores, que podem ter causas genéticas ou não. A doença também é relacionada com hipertensão arterial, diabetes, altas taxas de colesterol e obesidade.

Podemos dividir a gota em três fases distintas:

- Primeiro ocorre subitamente a dor e o aumento de volume nas articulações. Esses sintomas geralmente ocorrem no período noturno e são restritos a uma única articulação. Essa primeira fase normalmente acaba em 5 a 10 dias.

- A segunda fase é caracterizada pela falta de sintomas, ou seja, uma fase assintomática também chamada de período intercrítico.

- Por fim, a terceira fase é caracterizada por crises mais frequentes e duradouras, que acometem mais articulações. Normalmente ocorrem complicações como: insuficiência renal, tofos (depósitos de cristais em torno das articulações) e deformidades articulares.

Essa doença é mais comum em homens e ocorre geralmente a partir dos 40 anos. Em mulheres, também se manifesta, mas é mais frequente após os 60 (pós-menopausa).  Alguns fatores podem aumentar os riscos de se desenvolver a gota, tais como insuficiência renal, uso de medicamentos como diuréticos e ciclosporina, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, principalmente cerveja, e alimentação com grande quantidade de purinas, carnes e mariscos, por exemplo.

Para diagnosticar a doença, alguns exames deverão ser realizados, dentre eles o hemograma completo, ácido úrico sérico, ureia, creatinina, raio X das articulações, entre outros. O diagnóstico é confirmado apenas através de análises do líquido sinovial, a sinovianálise.

O tratamento deve incluir perda de peso, diminuição do uso de bebidas alcoólicas e alimentação com menor quantidade de alimentos ricos em purinas. A alimentação deve restringir o consumo de carnes vermelhas, vísceras de animais, conservas de peixes (ex. sardinha) e mariscos. A dieta sofrerá alterações de acordo com o perfil do paciente

O melhor medicamento para o tratamento será indicado pelo seu médico. Normalmente a medicação tem por finalidade aliviar as dores, tratar os tofos e evitar a formação de cálculos nos rins.


Por Vanessa dos Santos
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Gota"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/doencas/gota.htm>. Acesso em 27 de maio de 2017.

As articulações são os locais de união entre dois ossos ou mais
Biologia Articulações
O reumatismo inclui doenças que geralmente acometem as articulações, músculos e ossos
Saúde e Bem-estar Reumatismo
Um paciente com fibromialgia apresenta pontos que, se pressionados, causam dor. A observação desses pontos auxilia no diagnóstico
Saúde e Bem-estar Fibromialgia
Movimentos repetitivos podem ocasionar a bursite
Saúde e Bem-estar Bursite
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA