Topo
pesquisar

Diabetes mellitus

Doenças e patologias

O diabetes mellitus é uma doença crônica que pode ser classificada em três tipos básicos: diabetes tipo 1, diabetes tipo 2 e diabetes gestacional.
PUBLICIDADE

O diabetes mellitus é uma doença crônica que a cada dia afeta mais pessoas no nosso país e em todo o mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, a doença atinge cerca de 6,9% da população brasileira, o que corresponde a aproximadamente 13 milhões de casos.

Essa doença é decorrente da produção insuficiente do hormônio insulina ou da incapacidade de seu uso. A insulina, que é produzida pelas células beta do pâncreas, controla os níveis de glicose no sangue, que, quando há diabetes, ficam elevados e ocasionam um quadro conhecido como hiperglicemia. O paciente com hiperglicemia apresenta, normalmente, produção de urina em excesso (poliúria), perda de peso, aumento do apetite, visão turva e muita sede.

Diabetes mellitus tipo I

O diabetes tipo I é aquele em que as células beta são atacadas pelo próprio sistema imunológico do paciente, ocasionando, normalmente, a deficiência completa de insulina. Em razão dessa deficiência, o sangue fica com glicose em excesso.

Essa doença é mais comum na infância ou na adolescência, mas também pode acometer adultos. Sua causa pode ser autoimune ou então idiopática, ou seja, desconhecida. No caso do diabetes autoimune, pode haver associações com doenças como a tireoidite de Hashimoto e a doença de Addison, que também são problemas autoimunes.

Diabetes mellitus tipo 2

Diferentemente do Diabetes tipo 1, no tipo 2, o organismo não consegue utilizar a insulina de maneira adequada ou ela é produzida em pouca quantidade. Esse tipo é o mais comum de diabetes e manifesta-se com frequência maior em adultos. Estima-se que 90% dos casos de diabetes sejam do tipo 2 e que estejam relacionados, principalmente, com a idade e o sedentarismo. Nesse caso, não há destruição autoimune do pâncreas.

Diabetes mellitus gestacional

Como o próprio nome indica, esse tipo de diabetes ocorre durante a gravidez e pode afetar diretamente o bebê. A doença está relacionada, por exemplo, com crescimento excessivo do feto, hipoglicemia neonatal e até desenvolvimento de doenças na vida adulta, tais como obesidade e diabetes.

O diabetes gestacional apresenta alguns fatores de risco, tais como idade avançada da mãe, aumento de peso durante a gestação, ovários policísticos, histórico de diabetes gestacional na mãe da gestante, hipertensão e gravidez múltipla. Esse tipo de diabetes pode ou não persistir após o parto.

Fatores de risco para o diabetes mellitus

Apesar de ter diferentes causas, o diabetes tipo I, tipo 2 e gestacional apresentam alguns fatores de risco em comum:

- Histórico de diabetes na família ou caso anterior de diabetes gestacional;

- Idade superior a 45 anos;

- Níveis altos de triglicérides (superiores a 250 mg/dl);

- Níveis baixos de HDL (inferiores a 35 mg/dl);

- Obesidade;

- Pressão alta;

Tratamento de diabetes mellitus

O diabetes mellitus, em suas diferentes formas, não pode ser curado, mas um tratamento eficiente pode controlar os níveis de glicose no sangue e evitar complicações. Entre as principais recomendações médicas, está uma dieta saudável e com quantidade de doces e carboidratos reduzida. Além da dieta, é importante a realização de exercícios físicos, mas estes devem ser realizados com cautela, sempre observando os níveis de glicose.

Alguns pacientes, além de controlar a alimentação, deverão fazer uso da insulina. A frequência da aplicação do hormônio varia de pessoa para pessoa e deve ser avaliada pelo médico.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Diabetes mellitus"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/doencas/diabetes-mellitus.htm>. Acesso em 27 de maio de 2017.

O diabetes do tipo 2 é comum em pessoas que estão acima do peso
Doenças e patologias Diabetes tipo 2
As pessoas portadoras de diabetes tipo 1 necessitam de aplicações diárias de doses de insulina
Doenças e patologias Diabetes tipo 1
O paciente com diabetes não deve substituir a medicação pela utilização do quiabo
Saúde e Bem-estar O quiabo e o diabetes
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA