Topo
pesquisar

Bruxismo

Doenças e patologias

PUBLICIDADE

O bruxismo consiste no movimento involuntário dos músculos da mastigação, causando atrito entre os dentes. Estes deslocamentos ocorrem, geralmente, no período noturno, manifestando-se como um esfregamento ou apertamento das arcadas dentárias. Dor, desconforto e desgaste dos dentes; aumento da sensibilidade nos dentes desgastados; ruído ou estalo articular e zumbido nos ouvidos são seus sintomas.

Ele ocorre em aproximadamente 15% das crianças e em menos de 5% dos indivíduos adultos, indicando que à medida que as pessoas envelhecem essas taxas se reduzem. Sua prevalência é igual para ambos os sexos.

Além de atrapalhar o sono do indivíduo e de outras pessoas em razão do som que causam, esses movimentos podem causar dores locais e de cabeça, em virtude da contração de vários músculos da face, com força até 10 vezes maior do que a usada para mastigar alimentos mais duros, como a carne. Pode ocorrer o desgaste considerável do esmalte dos dentes, com comprometimento dos tecidos ao redor destes, articulações, vasos e nervos, afetando, inclusive, a estética bucal.

O bruxismo geralmente ocorre em pessoas cuja arcada dentária ou dentes estão em conformação incorreta. Assim, o uso de aparelhos ortodônticos, orientação mastigatória, fisioterapia e ajustes na oclusão são as medidas mais utilizadas em seu tratamento. Distúrbios emocionais, como a ansiedade e estresse, intensificam o quadro, e também podem ser a sua causa.

Para diagnóstico, polissonografias (exames do sono) são, na maioria dos casos, necessárias, até mesmo para identificar o grau desses movimentos e para que sejam tomadas as medidas terapêuticas mais adequadas.
 

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Bruxismo"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/doencas/bruxismo.htm>. Acesso em 25 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA