Topo
pesquisar

Seis maneiras de estudar para o Enem pela internet

Dicas de Estudos

Você já está se preparando para o Enem? O Brasil Escola apresenta seis maneiras de estudar pela internet!
Sites como o Brasil Escola possuem conteúdo diverso para o Enem
Sites como o Brasil Escola possuem conteúdo diverso para o Enem
PUBLICIDADE

Quando o assunto é Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), uma consideração é unânime: o estudante deve preparar-se com antecedência. Não é viável acumular os estudos para as semanas que antecedem o exame, pois isso pode deixar o candidato ansioso e atrapalhar o desempenho na hora da prova.

As formas de estudo são as mais variadas: escola, cursinho, livros, entre outras. Mas com uma geração conectada 24 horas por dia na internet, muitos estudantes preparam-se usando o computador, tablets e smartphones. A grande dúvida é: como otimizar os estudos na internet?

O Brasil Escola preparou seis maneiras de estudar para o Enem pela internet. No entanto, antes de começar, é importante ter um cronograma, pois é essencial estabelecer uma rotina de estudos e cumprir com disciplina o tempo proposto.

1. Conheça o conteúdo do Enem

No Edital do Enem, é possível ter acesso ao conteúdo programático de todas as áreas do exame. Vale lembrar que o Enem é composto por uma Redação e 4 Provas Objetivas que versam sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias.

Acessando o edital do ano em que vai prestar o exame, o estudante pode pontuar o conteúdo em que há maior dificuldade. Assim, é possível filtrar essas informações e procurar sites que ofereçam material ligado à matriz proposta pelo exame, como o Brasil Escola. Navegando nas disciplinas do Brasil Escola, o participante encontra todo o conteúdo que cai no Enem e pode estudar sem sair de casa.

No Enem, são comuns questões que envolvem fatos e temáticas que ganharam destaque no Brasil e no mundo. O ideal é que os estudantes busquem também informações sobre temas atuais. O canal Atualidades pode ajudar nisso.

2. Resolva exercícios

Além da leitura dos temas previstos para a prova, é importante que os estudantes tentem resolver questões. O Brasil Escola disponibiliza um Canal de Exercícios com questões de diversos vestibulares do país, do próprio Enem, além das questões exclusivamente elaboradas pela equipe de conteúdo do site.

Para otimizar os resultados, conheça as edições anteriores do exame, tentando responder às perguntas propostas. Para isso, acesse as Provas e Gabaritos do Enem de outros anos e compare as suas respostas com o gabarito oficial do exame.

3. Simulados

Os estudantes que pretendem fazer o Enem podem realizar uma prévia da avaliação utilizando questões do próprio Enem. No Simulado Enem, é possível selecionar o número de perguntas por área e ver a porcentagem de acertos ao final. O simulado também é uma ótima forma de calcular o tempo gasto em cada prova do Enem e, assim, determinar qual merece mais dedicação nos estudos.

4. Redação

A parte mais temida da prova para alguns candidatos também exige muito treino. Assim como nos simulados, é possível que os alunos exercitem a redação em plataformas on-line. Em alguns casos, os sites oferecem uma devolutiva do texto, apontando os principais erros.

O Banco de Redações do Brasil Escola recebe e corrige 150 redações por mês sobre um determinado tema. No site Vestibular, é possível consultar as redações dos temas anteriores, ver os textos com boas notas e a correção deles. Em 2015, o Banco de Redações acertou o tema da redação do Enem.

5. Assista a videoaulas

Estudar sozinho pode tornar-se monótono e cansativo. Nesse caso, o estudante pode buscar ajuda com especialistas e até mesmo com alunos que postam vídeos na internet. Alguns canais possuem acesso pago, mas em uma pesquisa rápida é possível encontrar plataformas de vídeos on-line que oferecem o conteúdo de graça. Além disso, em 2016, o MEC criou o MECFlix, que deve disponibilizar cerca de 600 aulas por meio de vídeo.

No Brasil Escola, as videoaulas são ao vivo e o acesso é gratuito. Acompanhe o canal e veja o cronograma de temas previstos.

6. Redes Sociais

Parece contraditório falar em estudar por meio das redes sociais, mas é possível. Existem grupos que discutem os mais variados temas, com dicas que são trocadas entre os membros. Outra opção é realizar uma triagem de páginas com conteúdo informativo para seguir. Assim, os usuários têm acesso às informações do Enem e ficam atualizados sobre os principais temas.

Em alguns canais, são disponibilizados links, vídeos, imagens e outras mídias com dicas para o exame. Acompanhe as páginas do Brasil Escola e do Ministério da Educação, por exemplo, e confira, além de algumas orientações, as notícias relacionadas com a prova.

Talvez nas redes sociais esconda-se o maior perigo para quem deseja estudar na web. Aplicativos, jogos, chats e outras distrações também podem tirar o foco dos estudantes. Então, não custa lembrar que é importante ter disciplina.


Por Rafael Batista
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

BATISTA, Rafael. "Seis maneiras de estudar para o Enem pela internet"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/dicas-de-estudo/seis-maneiras-estudar-para-enem-pela-internet.htm>. Acesso em 21 de agosto de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA