Topo
pesquisar

História do Parabéns

Curiosidades

A História da criação do Parabéns a Você e da versão original em inglês é marcada por disputa autoral.
PUBLICIDADE

Algumas coisas fazem parte da nossa vida há tanto tempo que nem sabemos como elas surgiram. Uma delas é a canção “Parabéns a Você”. Ainda quando bebês, aprendemos a cantá-la ou, pelo menos, a bater palmas no ritmo dessa canção. Por ano, a maioria dos brasileiros canta o Parabéns a Você mais vezes que o hino nacional. Isso é tradição também em outras partes do mundo, que cantam a quadrinha em várias línguas.

Mas como surgiu o Parabéns a Você? Como ele chegou ao Brasil? Por que cantamos essa música em todo aniversário? Para responder a essas perguntas, vamos voltar mais de cem anos no tempo, mais precisamente em 1875.

Origem do Parabéns a Você

Tudo começou com as irmãs Mildred Jane Hill e Patty Smith Hill, que nasceram na cidade de Louisville, no estado de Kentucky, leste dos Estados Unidos. Desde jovens, seus pais a ensinaram o valor da educação e da música. Mildred (1859-1916), a mais velha, era compositora e professora de Música. Já Patty (1868-1946) era enfermeira e professora do principal jardim de infância de Louisville e uma das maiores autoridades em educação infantil da região.

No final do século XIX e início do século XX, os educadores começaram a usar canções no ensino das crianças. Foi então que as irmãs Mildred e Patty tiveram a ideia de unir suas habilidades para criar músicas infantis utilizando melodias próprias ou de músicas da época. Uma das canções criadas foi Good Morning to All, que, em português, significa Bom dia a Todos. Patty cantava a música quando as crianças entravam na escola pela manhã. Essa canção possuía a mesma melodia da que anos mais tarde se tornaria o Parabéns a Você.

A canção Good Morning To All fez sucesso nas escolas de Louisville e cidades próximas, o que levou as irmãs a registrarem-na em 1893. Em 1896, a canção Good Morning To All foi publicada pela editora Clayton F. Summy Co, na coleção Song Stories for the Kindergarten (algo como Canções com estórias para o Jardim de Infância).

Página com Good Morning To All na coleção Song Stories for the Kindergarten
Página com Good Morning To All na coleção Song Stories for the Kindergarten 

No entanto, no começo do século XX, a melodia apareceu em outros livros, que substituíram o trecho “Good Morning To All” por “Happy Birthday To You” (Parabéns a Você). Naquela época, as festas de aniversário com crianças popularizaram-se nos Estados Unidos, o que motivou alguns compositores a criarem canções para desejar os parabéns.

Direito autoral

Em 1924, Robert H. Coleman publicou um livro de canções que continha Happy Birthday To You, mas sem creditar a canção às irmãs Hill. Pouco tempo depois, a música já aparecia em filmes, musicais da Broadway e telegramas cantados.

A canção tornou-se a mais popular dos Estados Unidos e sua autoria começou a ser discutida. Algumas pessoas julgavam Happy Birthday To You como de domínio público, mas, em 1933, a irmã mais nova de Mildred e Patty, Jessica Hill, entrou com uma ação pelos direitos autorais. Ela conseguiu provar a ligação da música com Good Morning To All e compartilhou os direitos com a editora que publicou a canção pela primeira vez.

Até 2015, a versão em inglês da canção rendia dois milhões de dólares por ano em royalties, que eram divididos entre a Fundação Hill e a gravadora Warner/Chappell Music. Como Mildred e Patty não casaram e nem tiveram filhos, seus parentes mais próximos criaram uma fundação de caridade para receber o dinheiro dos royalties. A editora Clayton F. Summy Co. foi comprada ainda na década de 30 e vendida outras vezes até pertencer à Warner/Chappell Music.

Em fevereiro de 2016, a Justiça nos Estados Unidos decidiu que a canção é de domínio público e, ainda, determinou que a Warner/Chappell devolvesse 14 milhões de dólares às pessoas e empresas que adquiriram a licença.

Os royalties eram pagos toda vez que a canção era usada para o lucro, como em CDs e DVDs, shows, eventos publicitários e programas de rádio e TV. Cantar Parabéns a Você em festas de aniversário não gerava cobrança de royalties. Caso a decisão do juiz for derrubada, a canção será obrigatoriamente de domínio público a partir de 2030.

Brasil

A versão brasileira de Happy Birthday To You é de autoria de Bertha Celeste Homem de Mello (1902-1999), de Pindamonhangaba, São Paulo. Em 1942, a Rádio Tupi promoveu um concurso para escolher a versão brasileira da música, e Dona Bertha foi a vencedora. Ela adorava ouvir rádio e participava de muitos concursos promovidos por emissoras da época – chegou até mesmo a ganhar alguns.

A versão original de Bertha de Mello é:

"Parabéns a você

Nesta data querida

Muita felicidade

Muitos anos de vida"

Dona Bertha, como era chamada, até os últimos anos de sua vida irritava-se quando alguém cantava errado um trecho de sua versão. O correto é “Parabéns a você”, e não “pra você”, e “muita felicidade”, no singular.

A decião da Justiça no EUA não afeta a cobrança de royalties no Brasil. Atualmente, os royalties da versão brasileira de Happy Birthday To You são divididos assim: 41,67% para a Fundação Hill; 41,67% para a Warner Chappel; e 16,6% para a família de Bertha de Mello. O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) é o responsável por arrecadar e distribuir os royalties, mas o monitoramento é difícil e restrito às rádios e TV. A canção lidera o ranking de arrecadação do Ecad, mas a quantia não é revelada.


Por Adriano Lesme
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LESME, Adriano. "História do Parabéns"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/historia-parabens.htm>. Acesso em 26 de marco de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA