Topo
pesquisar

História do Cristo Redentor

Curiosidades

O Cristo Redentor, inaugurado em 1931, é um dos cartões-postais do Rio de Janeiro e do Brasil.
PUBLICIDADE

A cidade do Rio de Janeiro tem inúmeros cartões-postais. Um dos mais icônicos é o Cristo Redentor, famoso por ser uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Mas quando esse monumento foi criado? Por quem? Como ele foi feito? Veja todos os detalhes!

A ideia

Tudo começou em 1859, quando o padre lazarista francês Pierre-Marie Boss, da Igreja do Colégio Imaculada Conceição, teve o sonho de construir um monumento religioso no alto do Monte Corcovado, que tem 710 metros de altura. O padre registrou essa ideia no livro “Imitação de Cristo”, de 1903.

A proposta do padre começou a materializar-se nos preparativos para o centenário da Independência do Brasil, celebrado em 1922. Um ano antes foi aberta uma disputa entre os projetos para o monumento. O vencedor foi Heitor da Silva Costa.

Nessa mesma época, mais de 22 mil mulheres fizeram um abaixo-assinado para pedir ao presidente do Brasil da época, Epitácio Pessoa, autorização para a construção do monumento.

A ideia era a de que o Cristo fosse construído apenas com doações dos brasileiros. Com essa finalidade, em 1923, a Arquidiocese do Rio de Janeiro lançou a semana do Monumento, na qual foram arrecadados mil contos de réis. Anos depois, foram feitas novas arrecadações. No total, a construção custou 2.500 contos de reis, o que equivale a R$ 9,5 milhões1.

O monumento

Os criadores do Cristo Redentor são o desenhista Heitor da Silva Costa, o pintor Carlos Oswald e o escultor Maximiliam Paul Landowsky, que esculpiu a cabeça e as mãos do monumento.

O Cristo Redentor encontra-se de braços abertos, formando uma cruz, e tem 38 metros de altura, o que equivale a um edifício de 13 andares. Desse total, 30 metros são do monumento e oito do pedestal. Cada braço tem área de 88 metros quadrados e o pé mede 1,35 metro. Somente a cabeça pesa 30 toneladas.

O monumento foi construído no Brasil, exceto a cabeça e as mãos, que foram moldadas em Paris, na França. O corpo de Cristo foi feito de pedra-sabão, que foi cortada em milhares de triângulos. Eles foram colados à mão sobre um tecido e, depois, aplicados na estátua por pastilheiros.

A única parte projetada para o interior da construção é o coração do Cristo Redentor, que mede 1,30 metro. O interior é composto por 12 platôs, ligados por escadarias, formando andares que se abrem nos braços e na cabeça. O monumento está preparado para resistir a ventos de até 250 km/h.

Coração do Cristo Redentor mede 1,30 metro
Coração do Cristo Redentor mede 1,30 metro **

O Cristo Redentor foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1931 e contou com a presença de peregrinos do mundo todo.

Fique ligado!

Para chegar até o monumento, é necessário paciência e disposição, pois o passeio pode demorar algumas horas, em especial se for no fim de semana ou nos feriados. Pode-se ir de trem, de van ou a pé. O horário de funcionamento é das 8h às 19h. É cobrada taxa de entrada.

1Dados relativos a 2016.

* Crédito da Imagem: lazyllama / Shutterstock.com
** Crédito da Imagem: Tero Hakala / Shutterstock.com


Por Silvia Tancredi
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

TANCREDI, Silvia. "História do Cristo Redentor"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/historia-cristo-redentor.htm>. Acesso em 26 de marco de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA