Topo
pesquisar

Curiosidades sobre serpentes e ofidismo

Curiosidades

PUBLICIDADE

• No Brasil, a expressão “cobra” é utilizada como sinônimo de serpente. Como este primeiro termo se refere aos indivíduos pertencentes ao gênero Naja e Ophiophagus, o segundo acaba sendo o mais apropriado.

• De hábitos carnívoros, as serpentes executam importante papel no controle populacional de outros animais – inclusive aqueles considerados pragas para os seres humanos, como ratos.

• Serpentes venenosas podem ou não ser peçonhentas. O que difere um tipo do outro é que estas últimas possuem dentes inoculadores de veneno.

• Aproximadamente 60% das mordidas de serpentes são provocadas por espécies peçonhentas.

• Quase todas as serpentes peçonhentas possuem fosseta loreal, as exceções são serpentes do grupo Elapíneos, tendo como exemplo as corais verdadeiras.

• No Brasil são registrados mais de 20.000 acidentes ofídicos por ano e a maioria acontece nos meses quentes e chuvosos.

• Os maiores índices de ofidismo no Brasil estão na região Centro-Oeste, Norte e Nordeste.

• A maioria dos acidentes ofídicos é causada por jararacas (mais de 90%).

• A letalidade geral de mortes causadas pelo ofidismo é de 0,45%, sendo as cascavéis as principais causadoras.

• A necrose muscular esquelética, causada pelo veneno das cascavéis, provoca a liberação de mioglobina, conferindo à urina do paciente uma cor de tonalidade avermelhada ou até marrom.

• Na Amazônia, algumas corais verdadeiras podem não apresentar anéis coloridos pelo corpo.

• O primeiro soro antiofídico foi fabricado por Louis Calmette, em 1894, em Lille, França. No Brasil, a produção deste soro deu início em 1901, no Instituto Soroterápico do Estado de São Paulo, atual Instituto Butantan.

• Os soros são específicos para o tipo de serpente responsável pelo ofidismo.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola


Veja mais!
Serpentes peçonhentas brasileiras
Ofidismo e soro antiofídico

Curiosidades - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FERREIRA, Fabricio Alves. "Curiosidades sobre serpentes e ofidismo"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/curiosidades-sobre-serpentes-ofidismo.htm>. Acesso em 27 de abril de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA