Topo
pesquisar

A economia do Rio de Janeiro

Geografia do Brasil

PUBLICIDADE

O Estado do Rio de Janeiro ocupa o lugar de segunda maior economia do Brasil. Para isso conta com um parque industrial e principalmente a indústria do turismo, uma vez que a capital do Estado é reconhecida como “a cidade maravilhosa” e é conhecida internacionalmente.

A economia do Estado é diversificada, o parque industrial é composto por indústrias metalúrgicas, siderúrgicas, químicas, de alimentos, mecânicas, editorial e de celulose.

A principal atividade econômica do Estado do Rio de Janeiro está ligada ao setor terciário e essencialmente à prestação de serviços, a menor participação produtiva é a agropecuária na composição do PIB (Produto Interno Bruto) estadual.

Nesse segmento da economia, o Estado abriga a sede de importantes empresas como a Tim, Oi, Telemar, Embratel, Intelig e Vésper. No seguimento de vendas no varejo abriga a sede de lojas como Lojas Americanas, Blockbuster, Americanas.com e Submarino, todas do mesmo grupo.

No setor industrial, a produção envolve segmentos da metalurgia, siderurgia, gás-química, petroquímica, naval, automobilística, audiovisual, cimenteira, alimentícia, mecânica, extração de petróleo entre outros.

Na produção de petróleo estão estabelecidas sedes de grandes empresas ligadas ao setor como Shell, Esso, Ipiranga, El Paso etc.

Na agropecuária o Rio de Janeiro não é expressivo em produção nem em área cultivada, isso por que não houve o processo de modernização e mecanização agrícola, como ocorreu em outros Estados brasileiros. Mesmo com os impedimentos produtivos do setor agropecuário, o Estado se destaca na produção de cana-de-açúcar, além de mandioca, tomate, arroz, feijão, milho, batata, laranja e banana.

No extrativismo ocupa um lugar de destaque na extração de sal, calcário, dolomita e mármore e especialmente de petróleo, responsável por grande parte da produção nacional.

Informações gerais da economia do Estado do Rio de Janeiro:

Participação no PIB nacional: 11,2%.

Composição do PIB agropecuário: 0,6%.

Exportação

Petróleo: 44,8%.
Combustíveis: 17,5%.
Siderúrgicos: 13%.
Petroquímicos: 3,6%.
Metais não ferrosos: 2,8%.
Veículos e peças: 2,1% 

Outros: 16,2% 

 

 

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Rio de Janeiro - Região Sudeste

 Geografia do Brasil - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner De Cerqueria E. "A economia do Rio de Janeiro "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/brasil/a-economia-rio-janeiro.htm>. Acesso em 25 de setembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA