Topo
pesquisar

Sistema linfático

Biologia

O sistema linfático é constituído pelos vasos linfáticos, linfonodos e linfa. Além de levar de volta para o sangue o líquido extravasado dos capilares sanguíneos, o sistema linfático absorve gorduras no intestino e tem participação especial na defesa do organismo.
PUBLICIDADE

O sistema linfático é composto pelos vasos linfáticos. Eles estão distribuídos por todo o corpo, localizados mais precisamente entre as células dos tecidos. Estas são banhadas pelo líquido tissular, que sai dos capilares sanguíneos, nutrindo e oxigenando-as; e depois retorna à corrente sanguínea, levando consigo gás carbônico e excreções. 

Desse processo, fica ali certa quantidade desse líquido, que extravasou dos capilares. Os vasos linfáticos, então, captam esse excedente, devolvendo-o à circulação sanguínea. Para que isso ocorra, tal líquido é direcionado para dois ductos linfáticos, localizados na região torácica, e que se unem a duas veias, chamadas subclávias. 

Além dessa missão, os vasos linfáticos também absorvem gorduras do intestino, transportam resíduos para serem eliminados, e ajudam na defesa do organismo contra agentes estranhos.

O calibre dos vasos linfáticos varia bastante, mas todos eles têm fundo cego. Em certos locais, eles apresentam linfonodos, também chamados de nódulos linfáticos. Estes, de formato esférico e aspecto esponjoso, revestidos por tecido conjuntivo; funcionam como uma espécie de filtro, retirando micro-organismos que podem estar presentes no fluido transportado pelos vasos linfáticos, destruindo-os.

Para tal, ao identificar a presença de tais seres vivos, os linfonodos multiplicam ativamente o número de leucócitos em seu interior, principalmente linfócitos e macrófagos. Por tal motivo, eles aumentam significantemente de tamanho, formando o que denominamos popularmente de íngua.

O excesso de líquido tissular, ao entrar nos vasos linfáticos, passa a ser chamado de linfa. Tal substância, de cor esbranquiçada, tem constituição celular bem parecida com a do sangue, embora seja desprovida ou se apresente com poucas hemácias, e haja uma concentração maior de linfócitos, muitos deles oriundos dos linfonodos.

Um órgão de nosso corpo rico em linfonodos é o baço. Outras regiões nas quais eles são encontrados são as tonsilas palatinas (outrora chamadas de amígdalas), axilas, pescoço, virilha, timo e medula óssea.
 

Saiba mais!
Drenagem linfática


Por Mariana Araguaia
Bióloga, especialista em Educação Ambiental
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Sistema linfático"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/sistema-linfatico.htm>. Acesso em 29 de setembro de 2016.

O câncer que acomete o sistema linfático é denominado de linfoma
Doenças e patologias Linfoma
Observe as diferenças que podem surgir entre uma amidalite viral e uma bacteriana
Doenças e patologias Amidalite
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA