Topo
pesquisar

Sistema Endócrino

Biologia

PUBLICIDADE

O sistema endócrino dos animais vertebrados é formado por uma diversidade de glândulas e órgãos que, juntamente ao sistema nervoso, coordenam os processos fisiológicos de um organismo. Através deste sincronismo, o sistema nervoso recepciona e conduz estímulos captados do meio externo, induzindo o sistema endócrino a reagir de acordo com as necessidades metabólicas.

Sendo a atividade endócrina, ocorrendo por meio de mensageiros químicos, os hormônios, substâncias de natureza proteica sintetizadas pelas glândulas, liberam seus produtos na corrente sanguínea em resposta aos fatores externos ou processos que permitem a manutenção do equilíbrio interno, atuando diretamente sobre a funcionalidade dos órgãos.

Dessa forma, por exemplo, um organismo controla: a concentração hídrica, a disponibilidade de carboidratos para o trabalho celular, a absorção de minerais, a pressão arterial, o surgimento dos caracteres sexuais, a maturação de células reprodutivas, a estimulação do desenvolvimento (crescimento), regulação do ciclo menstrual feminino, a secreção de leite nos mamíferos, dilatação do canal vaginal e contrações uterinas em virtude do parto, entre outras inúmeras funções.

Assim, o mecanismo de regulação tem como princípio a especificidade (o reconhecimento) entre o agente hormonal e os receptores hormonais nos tecidos ou órgãos efetores.

Em alguns casos, ao invés de seguir um sentido direto, a efetividade do estímulo hormonal ao ser emitido por uma glândula (agente primário), regula a atividade metabólica de uma segunda glândula (receptor intermediário / agente secundário), para então prosseguir até a região do organismo onde irá desencadear uma reação no tecido ou órgão efetor correspondente (receptor terminal). Neste processo indireto, os hormônios que regulam a ação de outro hormônio recebem a denominação de hormônios trópicos.

Como exemplo de uma glândula endócrina que secreta hormônios trópicos, pode ser citada a hipófise, atuando sobre as glândulas: adrenais (hormônios adrenocorticotrópicos), tiroide (hormônios tireoideotrópicos) e gônadas masculinas e femininas (hormônios gonadotrópicos).

Segue abaixo a relação das principais glândulas e órgãos e suas secreções hormonais:

Hipófise → Além dos já citados, a prolactina;
Hipotálamo → A ocitocina e a vasopressina (hormônio antidiurético);
Paratireoide → O paratormônio;
Tireoide → A tiroxina, a tri-iodotironina e a calcitocina;
Pâncreas → A insulina e o glucagon;
Suprarrenal → A aldosterona, os andrógenos, os glicocorticoides e a adrenalina;
Rim → A renina;
Estômago → A gastrina;
Duodeno → A colecistoquinina.

Por krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia
Equipe Brasil Escola

As pessoas portadoras de diabetes tipo 1 necessitam de aplicações diárias de doses de insulina
Doenças e patologias Diabetes tipo 1
Uma produção exagerada de hormônio da tiroide pode desencadear o hipertiroidismo
Doenças e patologias Hipertireoidismo
A glândula tireoide
Biologia Tireoide
A hipófise, denominada de glândula mestra por muitos autores, é um exemplo de glândula endócrina
Biologia Glândulas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA