Topo
pesquisar

Plaquetas

Biologia

PUBLICIDADE

As plaquetas correspondem a um dos fragmentos celulares, também denominados trombócitos, presentes no sangue de mamíferos, tendo origem a partir de células da medula óssea (megacariócitos).

A principal função das plaquetas está relacionada à formação de coágulos, auxiliando de forma indireta na defesa do organismo. Na região de um ferimento, as plaquetas liberam a enzima tromboplastina-quinase, que desencadeia a coagulação. Sua ação no organismo varia de 9 a 10 dias, sendo após este período recolhidas e direcionadas ao baço, onde serão degeneradas.

Em um organismo normal, os níveis de concentração para este elemento sangüíneo, geralmente oscila entre 150.000 e 400.000 plaquetas por mm³ de sangue, aproximadamente 1% do volume do sangue.

O metabolismo irregular (diminuição ou disfunção) na síntese de plaquetas pode resultar em sangramentos, da mesma forma como a sua elevada concentração, acima do padrão aceitável, pode ocasionar trombose.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Tiago. "Plaquetas"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/plaquetas.htm>. Acesso em 28 de julho de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA