Topo
pesquisar

Como é feito o parto na água e quais as suas vantagens?

Biologia

O parto na água é uma modalidade de nascimento em que a mulher fica dentro da água e o bebê chega ao mundo por meio aquático, assim como estava no útero.
PUBLICIDADE

O parto na água é uma forma de parto em que a mãe fica dentro de uma banheira com água aquecida entre 36°C e 37°C, cobrindo toda a barriga. Nesse tipo de parto, o ambiente fica à meia luz e o pai ou acompanhante pode ficar dentro da banheira apoiando a futura mamãe.

Vantagens do parto na água para o bebê:

Esse tipo de parto é muito natural para o bebê, pois ele chega ao mundo envolvido pela água que está aquecida, assim como estava dentro do útero. Alguns médicos afirmam que esse tipo de parto é perigoso, pois a criança pode aspirar água, mas outros médicos rebatem essa afirmação dizendo que esse tipo de parto é seguro, e que o bebê, ao sair da barriga da mãe, ainda respira por cerca de 20 segundos através do cordão umbilical, até que seus pulmões se expandam e ele passe a respirar sozinho, não correndo o risco de se afogar.

Vantagens do parto na água para a futura mamãe:

O parto na água é muito vantajoso para a futura mamãe, pois a água morna causa aumento da irrigação sanguínea, diminuição da pressão arterial, além de relaxamento muscular, o que alivia as dores das contrações, facilitando a saída do bebê.

Comparando-se o parto na água com o parto normal, o primeiro costuma ser mais rápido e menos dolorido do que o segundo, além de ser mais tranquilo para o bebê.

É importante lembrar que esse tipo de parto não é recomendado em: trabalho de parto prematuro; sofrimento fetal; presença de mecônio; mulheres diabéticas; mulheres que apresentam sangramento; mulheres com doenças virais, como HIV positivo, hepatite B, herpes genital com lesão ativa; quando o bebê for muito grande; casos em que a mãe e o bebê precisam ser monitorados; etc.

No Brasil são poucos os hospitais que oferecem esse tipo de parto, mas em algumas cidades podem-se encontrar médicos e enfermeiras obstetras que fazem esse parto em casa. Não se esquecendo de que se a futura mamãe decidir por fazer esse parto em casa deverá ter a participação de uma equipe médica capacitada e também de uma ambulância com UTI para casos de emergência.


Por Paula Louredo
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MORAES, Paula Louredo. "Como é feito o parto na água e quais as suas vantagens?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/parto-na-agua.htm>. Acesso em 26 de agosto de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA