Topo
pesquisar

Metabolismo energético

Biologia

Metabolismo energético é o conjunto das várias reações químicas que ocorrem no organismo e possui como objetivo satisfazer a necessidade de energia do indivíduo.
A maioria dos seres vivos produz a energia necessária à vida por meio da respiração
A maioria dos seres vivos produz a energia necessária à vida por meio da respiração
PUBLICIDADE

Podemos definir metabolismo como o conjunto das atividades metabólicas da célula relacionadas com a transformação de energia. A fotossíntese e a respiração são os processos mais importantes de transformação de energia dos seres vivos, mas a fermentação e a quimiossíntese também são processos celulares desse tipo importantes para alguns seres vivos.

→ Seres autotróficos e heterotróficos

Todos os seres vivos gastam energia para manter suas diversas atividades celulares, e a fonte de energia mais importante para os seres vivos é a luz solar. Luz solar, água e gás carbônico são os ingredientes necessários para os seres clorofilados realizarem a fotossíntese e produzirem moléculas orgânicas, como a glicose. Esses seres, chamados de autótrofos (que produzem o próprio alimento), servem de alimento a diversos outros, os heterótrofos (que não são capazes de produzir o próprio alimento). Quando se alimentam dos autótrofos, os seres heterótrofos introduzem em seus corpos a matéria orgânica, que é degradada dentro das células, liberando a energia necessária para a execução das funções vitais.

Essa cadeia formada entre os seres vivos pode ser facilmente observada na natureza. Os vegetais servem de alimento para os animais herbívoros, que, por sua vez, servem de alimento para animais carnívoros. Nessa sequência chamada de cadeia alimentar, ocorre a transferência de matéria e de energia para os seres vivos, pois, como diz a Primeira Lei Física da Termodinâmica: “nos processos físicos e químicos, a energia pode ser ganha ou perdida, transferindo-se de um sistema para outro, mas não pode ser criada nem destruída”.

→ Reações de síntese e degradação

Geralmente, as reações metabólicas são classificadas em dois tipos: as reações de síntese e as reações de degradação.

Nas reações de síntese, moléculas mais simples são unidas para formar outras de maior complexidade, como ocorre com a união de aminoácidos para formar as proteínas. Já nas reações de degradação, ocorre o contrário: as moléculas mais complexas são quebradas, transformando-se em moléculas mais simples, como ocorre na quebra do glicogênio em glicose.

Todas as reações de síntese – por meio das quais os organismos vivos constroem as complexas moléculas orgânicas que formam o seu corpo – são chamadas de anabolismo, e as reações de degradação de moléculas constituem o catabolismo. Dessa forma, podemos concluir que é pelas reações anabólicas que o ser vivo constrói seu corpo e é pelas reações catabólicas que os seres vivos conseguem a matéria-prima e a energia necessárias à vida.


Por Paula Louredo
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MORAES, Paula Louredo. "Metabolismo energético"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/metabolismo-celular.htm>. Acesso em 19 de outubro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA