Topo
pesquisar

Fibras

Biologia

PUBLICIDADE

As fibras alimentares são substâncias filamentosas curtas ou longas, derivadas de polissacarídeos que formam as moléculas de celulose.

Essas estruturas, sintetizadas pelos organismos vegetais, compõem essencialmente a parede celular das células vegetais, com a primordial função estrutural do fornecimento de resistência à pressão de turgor (hipertonicidade das células vegetais, em razão da absorção de água).

Essas fibras também assumem papel importante no metabolismo dos organismos vegetais. Dependendo de como são metabolizadas, podem ter funcionalidade energética, assim como os demais carboidratos (amido e o glicogênio), ou estrutural, auxiliando o processo digestório.

Os animais que possuem em seu trato digestivo micro-organismos capazes de digerir a celulose pela ação da enzima celulase, conseguem processar a quebra da celulose para obtenção de energia (os ruminantes). No entanto, a exemplo dos seres humanos que não catabolizam a celulose e muito menos possuem simbiose com organismos que degradam essa substância, acabam não aproveitando o composto como fonte nutricional. Entretanto, são elementos importantes em nossa dieta.

Uma alimentação balanceada em fibras auxilia na regulação e manutenção do sistema digestivo. Sua presença tem efeitos na consistência da massa alimentar e fecal, propiciando melhor funcionamento peristáltico do intestino (movimentos involuntários), evitando prisão de ventre ou, até mesmo, doenças como o câncer. A ingestão habitual de fibras pode ajudar a perder peso e consequente emagrecimento.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia
Equipe Brasil Escola
 

Bioquímica - Biologia - Brasil Escola

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA