Topo
pesquisar

Classificação dos moluscos

Biologia

A classificação dos moluscos mais utilizada divide-os em três principais grupos, entretanto, esses animais formam sete categorias distintas.
PUBLICIDADE

Os moluscos são animais invertebrados pertencentes ao filo Mollusca que se destacam por apresentar o corpo mole. Entre seus representantes mais conhecidos, podemos citar os mariscos, ostras, lulas, polvos e caramujos. Esses animais podem ser encontrados tanto em ambientes aquáticos quanto em terrestres.

→ Grupos de moluscos

Em geral, os moluscos são agrupados em sete classes distintas:

  • Classe Monoplacophora: apresenta uma pequena quantidade de espécies, que vivem em águas oceânicas profundas. Esses organismos destacam-se pela presença de uma concha em forma de escudo, um pé rastejante chato, brânquias, uma pequena cefalização (tendência a formar sistema nervoso central) e rádula (espécie de língua raspadora que apresenta várias fileiras de dentes quitinosos).

  • Classe Polyplacophora: Nessa classe, encontramos como representante os quítons, que se destacam por viver aderidos a rochas em diferentes profundidades marítimas. Sua característica mais marcante é a presença de oito placas sobrepostas, que cobrem o corpo do animal e conferem-lhe proteção. Nesses animais, não são encontrados olhos, e a cabeça é indefinida. É possível identificar nessa classe de moluscos a presença de rádula.

  • Classe Aplacophora: é composta por pequenos moluscos vermiformes, que estão presentes, normalmente, nas águas mais profundas dos oceanos. Nos animais desse grupo, a cabeça é pouco desenvolvida e não há presença de olhos, tentáculos e concha. Eles apresentam escamas calcárias.

Os bivalves são moluscos que possuem concha formada por duas valvas
Os bivalves são moluscos que possuem concha formada por duas valvas

  • Classe Gastropoda: é a maior e mais diversificada classe de moluscos e é representada por caramujos aquáticos, caracóis e lesmas. Apenas nessa classe são encontrados moluscos terrestres. Por causa de sua grande variedade de espécies, é difícil fazer uma caracterização geral, entretanto, podemos dizer que esses animais utilizam a rádula para conseguir seu alimento e apresentam uma rotação da massa visceral de 180º no sentido anti-horário em relação ao pé. Essa torção garante, por exemplo, que as brânquias e o ânus estejam localizados na parte anterior do corpo.

  • Classe Bivalvia: destaca-se pela presença de uma concha composta por duas valvas, que estão encaixadas de modo a envolver o corpo do animal. O fechamento dessa concha é determinado pela contração de músculos adutores. Como representantes, há os mariscos, ostras e mexilhões. Esses animais são encontrados tanto em água doce quanto em salgada e alimentam-se por meio de filtração.

  • Classe Scaphopoda: Nessa classe, encontram-se os moluscos escavadores, que apresentam uma concha em formato de um tubo cilíndrico alongado aberta nas duas extremidades. Esses animais marinhos vivem enterrados em fundos macios dos oceanos.

Os cefalópodes possuem tentáculos em suas cabeças
Os cefalópodes possuem tentáculos em suas cabeças

  • Classe Cephalopoda: Nesse grupo, existem espécies altamente especializadas e consideradas os moluscos mais ativos. Esses animais possuem, geralmente, conchas reduzidas ou, ainda, ausentes e destacam-se pela presença de tentáculos, que partem de sua cabeça. Para nadar ativamente, os cefalópodes lançam jatos de água que lhe garantem uma velocidade considerável. Como representantes, podemos citar o polvo, a lula e o Nautilus.

ATENÇÃO! Nos livros didáticos, geralmente são destacadas apenas as classes Bivalvia, Gastropoda e Cephalopoda.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Classificação dos moluscos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/classificacao-dos-moluscos.htm>. Acesso em 27 de julho de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA