Topo
pesquisar

Baleia-azul (Balaenoptera musculus)

Animais

PUBLICIDADE

Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Cetartiodactyla
Família Balaenopteridae
Gênero Balaenoptera
Espécie Balaenoptera musculus

A Balaenoptera musculus, conhecida popularmente como baleia-azul, desperta bastante curiosidade, uma vez que é considerada a maior espécie animal já existente em nosso planeta, podendo atingir mais de trinta metros de comprimento e 150 toneladas, cinco metros de comprimento para cada nadadeira, e cauda com sete metros.

Este animal, de coloração cinza-azulada e com manchas pálidas em toda a sua extensão, também é recordista no que se diz respeito à emissão de sons: sua vocalização, que pode percorrer distâncias maiores que 150 km, atinge 188 decibéis – 38dB a mais que a decolagem de um avião!

Vivendo em grupos de dois a três indivíduos, essa baleia é encontrada em todos os oceanos do planeta, preferindo águas mais frias. Por tal motivo, costuma deslocar-se com certa periodicidade. Nesses locais, alimenta-se predominantemente de krill, conseguindo ingerir até mais de cinco toneladas desse crustáceo, ao dia. Peixes e plâncton também fazem parte de sua dieta.

A B.musculus atinge maturidade sexual com aproximadamente sete anos de vida. A gestação dura cerca de um ano, dando origem a um único filhote. Este, com uma média de sete metros de comprimento, e duas toneladas, pode viver por até noventa anos.

Segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), as populações de baleias-azuis se encontram em perigo, status este fortemente influenciado pela caça, entre a segunda metade do século XIX até aos anos 60 do século passado. Atualmente, essa atividade é proibida no Brasil e diversos outros países.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Baleia-azul (Balaenoptera musculus)"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/animais/baleia-azul.htm>. Acesso em 06 de dezembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA