Topo
pesquisar

O Alfabeto Brasileiro e as 26 Letras!

Acordo Ortográfico

PUBLICIDADE

Finalmente, deu-se um basta na indiferença! Os estrangeiros K, W e Y são oficializados cidadãos brasileiros através de nossa língua!

Mas quem disse que eles já não faziam parte do idioma há muito tempo? Afinal, o impetuoso latim já mantinha certas relações, apesar de nada cordiais, com o discreto grego. Apesar disso, a língua que deu origem ao inglês, alemão e francês conseguiu infiltrar-se no Ocidente. Mas, enfim, a soberania latina não concedeu mais espaço à grafia advinda desta outra língua-mãe, até agora!

Então, ker dizer ky agora poderemos escrever com “c” ou “q” ou “k” que será a mesma coisa ow então “i’ e “y” ow “u” e “w”? Definitivamente, não!

Na verdade, as três letras estão oficialmente em nosso alfabeto, mas restritas ao uso nos casos que existem atualmente:

• Em nomes próprios de pessoas e derivados: Franklin, Kant, byroniano, Taylor, etc.
• Em símbolos, abreviaturas, siglas e em palavras que foram adotadas como unidades de medida internacionais: km (quilômetro), K (potássio), W (watt), kW (kilowatt), www (world wide web).

Quanto às palavras estrangeiras já incorporadas no nosso idioma, como: show, download, sexy, shampoo, lan house, etc., o novo acordo não deixa nada especificado, contudo, é bom verificar no dicionário se tais termos foram normatizados na língua. Por exemplo: a palavra “shampoo” já possui correspondente brasileira “xampu”, agora, o vocábulo “show” encontra-se nessa mesma grafia e significa espetáculo de teatro, música.

Seria muita hipocrisia ter estampado nas propagandas em placas, quer dizer, outdoors e nas televisivas, em nomes de salões de beleza, “Beauty hair”, ou de lojas de materiais para carro, “Car express” e não darmos as boas-vindas ao nosso estrangeirismo! Não vamos mais torcer o nariz para o k, w e y! Ora, eles não têm culpa de sermos tão hospitaleiros, afinal, não incorporamos só letras em nossa linguagem, mas palavras inteiras!

Por isso, sejam muito bem-vindos Mister K, Mr. W e Mr. Y! E vamos “dar um off” nesse assunto!

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras
 

Veja mais!

Hífen - Saiba as circunstâncias nas quais o hífen mudou e nas que permanece igual!

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VILARINHO, Sabrina. "O Alfabeto Brasileiro e as 26 Letras!"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/acordo-ortografico/o-alfabeto-brasileiro-as-26-letras.htm>. Acesso em 06 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA